Buscar

Durante cortejo fúnebre, microônibus bate em carro e revolta familiares

O cortejo fúnebre de um idoso de 79 anos foi interrompido, nesta quinta-feira (30), no cruzamento das ruas General Melo com 14 de Julho, no Bairro São Francisco, em Campo Grande. Um microônibus do Consórcio Guaicurus colidiu com um Palio Weekend que seguia com parte da família em direção ao cemitério. Ninguém ficou ferido e a polícia de trânsito está no local.

Ao chegar ao cruzamento, os pintores e irmãos Maurício e Cícero Lino, de 39 e 45 anos, desceram da moto para sinalizar a passagem do carro fúnebre e do cortejo que seguia logo atrás em direção ao Cemitério Jardim da Paz, na saída para Sidrolândia. Trazer o corpo do idoso de Porto Velho (RO) já havia sido uma dificuldade, mas o acidente surpreendeu a todos.

“A família teve uma dificuldade enorme para trazê-lo e chegamos a realizar uma ‘vaquinha’. Chega aqui e ocorre isso. Eu entendo que a preferencial é dele, mas neste caso ele deveria ter bom senso. Paramos a moto, sinalizamos e chegamos a gritar para ele parar”, relata Cícero Lino.

O microônibus, da linha 227 (Tia Eva-Saraiva-Centro), chegou a desviar dos pintores, mas atingiu o carro conduzido por Maria Lúcia Gonçalves, 37 anos, esposa de Maurício. Nele estavam três filhos do casal. Com o impacto a parte frontal dos veículos ficou danificada.

“Nós tivemos o maior sufoco para enterrar dignamente o nosso pai e o motorista não teve respeito por isso”, desabafou Maurício.

Ao Campo Grande News o motorista disse não estar autorizado a comentar o acidente. A polícia de trânsito foi acionada para investigar o caso.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.