Buscar

Ex-voluntários de Batayporã participam de encontro na República Tcheca

Encontro aconteceu entre os dias 20 e 22 nesse último final de semana

Entre os dias 20 e 22, o último final de semana foi marcado pelo segundo encontro dos voluntários que se disponibilizaram a irem a Batayporã desde o ano de 2008. O primeiro ocorreu alguns anos atrás em uma adega de vinho e se repetiu para dar continuidade à proposta e ser mantido os laços de amizade entre os envolvidos.

O encontro aconteceu nas montanhas chamadas Jeseníky, em um vilarejo perto da fronteira com a Polônia. Lá, cercados pela belíssima natureza, os mesmos recordaram e falaram um pouco sobre suas experiências em Batayporã anos atrás.

Jakub Petera, o idealizador do encontro, que trabalhou em Batayporã, foi quem também escolheu o lugar de acomodação e organizou tudo que foi necessário para um bom funcionamento do mesmo. O objetivo foi de manter em contato os voluntários, reviver as lembranças e os costumes da cultura brasileira que trazem para República Tcheca e também pensar sobre o futuro do trabalho voluntário em Batayporã.

Ao todo, 13 pessoas participaram do encontro. Martina – uma das primeiras professoras da língua tcheca em Bataypora, Kristýna, Pavla, Jarmila, Zuzana - voluntárias, e Aneta – voluntária que trabalha cada ano no festival Kino Brasil na Republica Tcheca, Marie e Devanil (Bé) – ex-voluntária Tcheca e Brasileiro, que agora são casados, Pavel Sembera – que no qual visita Batayporã cada ano e divulga um pouco da cultura na Republica Tcheca, Vráťa – o professor da música do ano 2015, Theodor – o voluntário do ano 2017 e Jakub e Katka voluntários no ano de 2013.

Cb image default
Ao todo, 13 pessoas participaram do encontro realizado no último final de semana - Foto: Divulgação

Veja o relato da visita

“A organização do encontro foi muito boa. Na primeira noite conversamos ao redor de uma fogueira no jardim, cantamos algumas canções e assamos algumas salsichas como janta e também não podia faltar a famosa cerveja Tcheca e o brinde com os amigos. No sábado logo cedo partimos para uma longa caminhada para o ponto mais alto das montanhas, seguindo as marcações de trilhas que em Batayporã também existe, no trajeto nos deparamos com a fronteira com a Polônia e ao chegar no topo da montanha que se chama Králický sněžník destino final da primeira marcação, onde 9 de 13 chegaram ate o fim, e assim fizemos uma fotografia junto com a bandeira de Batayporã, e então voltamos por outra marcação de trilha para nosso condomínio. Depois da caminhada de quase 30 km, estávamos todos exaustos, Pavel nos apresentou um vídeo que no qual Dalibor do Amaral Trachta agradeceu em nome da cidade aos voluntários pelas obras e a disponibilidade de contribuir com o enriquecimento da nossa querida Batayporã, e nos mostrou um pouco de como esta a Capela do Menino Jesus de Praga. Pavel nos entregou os panfletos sobre os projetos já feitos em Batayporã, também comentou que neste ano já tem algumas pessoas interessadas a irem a Batayporã, e que a organização do projeto está a procura de um professor (a) de música para dar aulas durante 6 meses no Centro de Memória Jindrich Trachta, e enfim ele divulgou seus trabalhos feitos em parceria com Evandro Trachta sobre o Café Batayporã e sobre o livro ‘Deleque’ foi lançado ano passado, falando um pouco sobre a nossa cultura. Sendo assim com a distribuição desses materiais e com nossa ajuda esperamos que seja útil, e que daqui uns meses novos voluntários possam chegar para conhecer e contribuir a Batayporã – cidade tcheca-Brasileira.

Acreditamos que esse final da semana nos ajudou realmente relembrar as maravilhas que trazemos de Batayporã e também nos inspirou a fazer algo de bom no futuro para Batayporã e as relações entre Brasil e Republica Tcheca. Assim queremos agradecer muito a todas as pessoas que nos ajudaram, e ao Dalibor e família pelo vídeo feito e a dedicação de divulgar suas raizes , ficamos muito felizes e emocionados. Marie Dos Santos Samek”.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.