Buscar

Ex-servidor dos Correios da cidade de Bataguassu tem bens bloqueados

O funcionário fraudava postagens feitas em nome da Prefeitura Municipal e embolsava dinheiro de clientes

O ex-servidor dos Correios do município de Bataguassu/MS, Danilo Coser Bezerra, teve R$ 9.113,53 bloqueados pela Justiça em ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF). O ex-funcionário, já punido em Processo Administrativo Disciplinar, foi flagrado pela Polícia fazendo postagens particulares em nome da Prefeitura de Bataguassu, ficando com o dinheiro dos clientes.

A fraude, repetida durante o ano de 2014, era executada sempre da mesma maneira. Danilo, quando recebia postagens em dinheiro, enviava a encomenda pelo contrato a faturar da prefeitura, jogando no lixo o comprovante do órgão municipal e recortando a informação no cabeçalho da via do cliente. 

Homem foi flagrado pela polícia fazendo postagens particulares em nome da Prefeitura de Bataguassu (Foto: Divulgação)

Desta forma, o valor da postagem era cobrado da Prefeitura de Bataguassu, enquanto ele embolsava o dinheiro entregue em espécie. Com o montante, o servidor pagava contas particulares.

A irregularidade foi admitida por Danilo e confirmada pelo sistema de monitoramento em vídeo, onde o ex-servidor aparece jogando no lixo os comprovantes e embolsando o dinheiro de clientes da agência postal. 

 

Na lixeira do guichê em que trabalhava, vários cabeçalhos e 2ª vias de comprovantes de postagens em nome da Prefeitura de Bataguassu foram encontrados. Além da demissão do emprego público e da possível responsabilização por improbidade administrativa, com ressarcimento integral do dano e pagamento de multa civil, o ex-servidor também pode ser condenado criminalmente pela fraude. (Referência Processual na Justiça Federal de Três Lagoas: Autos nº 0003493-71.2015..403.6003).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.