Buscar

Feira livre de Nova Andradina passará por mudanças

A partir do dia 9 de junho, em caráter experimental, a Feira Livre será instalada no Mercado Municipal do Produtor

Imagem: Cogecom

Cb image default

A Feira Livre de Nova Andradina que ocupa todos os fins de semana a Avenida José Heitor de Almeida Camargo, entre a Avenida Moura Andrade e a Rua Milton Modesto passará por modificações, e o objetivo é mudar para melhorar.

Para aprimorar a organização, as condições sanitárias, o funcionamento e o atendimento ao consumidor com oferta de melhores produtos, a Prefeitura de Nova Andradina através de uma equipe inter etorial, que reúne as Secretarias Municipais de Desenvolvimento Integrado, Serviços Públicos, Saúde (Vigilância Sanitária) e Finanças (Tributação), acertou com os feirantes novas estratégias que vão ao encontro desses objetivos.

A partir do dia 9 de junho, em caráter experimental, a Feira Livre será instalada em novo endereço, na Rua Francisco Reinaldt, entre a Avenida Eurico Soares e Rua Imaculada Conceição. O Mercado Municipal do Produtor, ao lado da Rodoviária, será o novo ponto do comércio de produtos hortifrutigranjeiros. A mudança de local atende uma reivindicação antiga dos moradores e consumidores que cobram melhores condições e estruturas para a venda de produtos perecíveis que precisam de um lugar mais apropriado para a sua comercialização e conservação.

Para informar e confirmar a mudança do local, a equipe intersetorial da Prefeitura seguiu três passos importantes, relatou o secretário de Desenvolvimento Hernandes Ortiz. “Primeiramente, realizamos um levantamento técnico que diagnosticou implicações sanitárias, problemas viários, condições estruturais e comerciais. Posteriormente, avaliamos que a mudança para um local mais apropriado e com melhor infraestrutura vai possibilitar o aperfeiçoamento da feira. Por fim, a parte mais importante, dialogamos com os feirantes sobre a necessidade de avançarmos, indicando a eles todo o apoio neste sentido”, explicou Ortiz.

Na manhã desta quarta-feira (11), cerca de 20 feirantes se reuniram com representantes das Secretarias Municipais no auditório da Prefeitura, tendo como objetivo conciliar a proposta da Prefeitura com as reivindicações dos feirantes, que solicitaram maior apoio e participação do poder público em garantir que a mudança de local da Feira Livre não traga diminuição das vendas.

O secretário de Serviços Públicos Roberto Ginel relata que, por diversas vezes, sua pasta recebeu denúncias de moradores e comerciantes instalados nas intermediações da Avenida José Heitor. “No local não temos oferta de água, algo necessário para a limpeza e higiene do comércio, não há banheiros, pessoas fazem necessidades fisiológicas nas intermediações e prédios, situações que geram descontentamento dos moradores da região”, ressalta Ginel.

Representando a Vigilância Sanitária, Lúcio Tolentino ressaltou que a mudança de local para uma instalação com infraestrutura completa como tem o Mercado do Produtor, possibilita não somente o cumprimento da legislação, mas a oferta de produto com melhor qualidade. “Recebemos os feirantes e indicamos que a mudança de local vai garantir um espaço mais adequado às necessidades de quem trabalha e de quem consome na feira”, contou Tolentino.

Próximo ao centro da cidade, o Mercado do Produtor oferece um acesso rápido e o local dispõe de uma estrutura com ampla cobertura, além de contar com banheiros e o sombreamento das árvores do Bosque da Rodoviária que fica em frente à Rua. Nesta região, a prefeitura vai trocar as lâmpadas convencionais das luminárias por lâmpadas de Led. Idosos, crianças, gestantes e pessoas com mobilidade reduzida terão um espaço mais acessível. A exemplo de cidades que fizeram esta experiência de mudança de local de suas feiras livres para um espaço de melhor infraestrutura, a expectativa é de que o experimento seja bem-sucedido.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.