Buscar

Governo do Brasil investe na gestão da água usada pela agricultura

Cerca de 70% da água doce do mundo é utilizada pelo setor agrícola, indica o Banco Mundial. No Brasil, de acordo com a Embrapa, a água utilizada no campo é predominantemente captada das chuvas, mas o governo tem programas pensados para a proteção do recurso

Recuperação das Nascentes

Como parte do programa de Integração do Rio São Francisco, o Plano Nascente prevê a atuação integrada do poder público para a preservação de 10 mil nascentes na região.

No momento, segundo o Ministério da Integração, mais de 1,7 mil nascentes já foram preservadas. A duração do plano é de dez anos, com objetivo de despoluir o rio, reduzir o assoreamento, ampliar a oferta hídrica e também recuperar áreas degradadas.

Plantadores de Rios

O programa Plantadores de Rios, lançado no ano passado pelo Ministério do Meio Ambiente, tem como objetivo proteger nascentes em Áreas de Preservação Permanente (APP).

Para isso, foi criado um aplicativo que permite que pessoas, instituições e proprietários de imóveis rurais inscritos do Sistema de Cadastro Ambiental Rural (SiCar) participem de ações de proteção. Até o momento, cerca de 5 mil pessoas já fizeram o download do aplicativo.

Produtor de Água

Para apoiar os agricultores, que dependem de água para todas as atividades no campo, a Agência Nacional de Águas (ANA) criou o programa Produtor de Água.

Os participantes recebem, além de recursos financeiros, instrução técnica para projetos que evitem a erosão do solo, o assoreamento de mananciais, melhorando a qualidade e a disponibilidade de água não apenas na área rural.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.