Buscar

IFMS de Nova Andradina recebe visita de autoridades políticas

O reitor do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), Marcus Aurélius Stier Serpe, visitou na manhã de segunda-feira, 24, o Câmpus Nova Andradina da instituição. A unidade é a que se encontra há mais tempo em funcionamento no Estado, tendo começado suas atividades em fevereiro de 2010.

Câmpus Nova Andradina do IFMS recebeu a visita na manhã de segunda-feira (24) (Foto: )

Em sua passagem pela cidade, o reitor foi acompanhado por autoridades políticas do Estado e da região. Serpe apresentou a estrutura física da instituição aos visitantes, como salas de aula, laboratórios e unidades de produção e pesquisa, além de explicar o funcionamento dos cursos oferecidos pelo IFMS na cidade.

“O objetivo da visita foi mostrar os benefícios proporcionados pela instituição à região, através da oferta de cursos gratuitos de nível técnico e tecnológico, da estrutura disponível e do nosso corpo de servidores qualificado”, explicou.

“Esperamos também que isso nos ajude a conseguir melhorias para o câmpus”, destacando como prioridade o acesso à escola. A unidade fica a 23 quilômetros do município, sendo que estudantes e servidores trafegam pela MS-473, uma rodovia não pavimentada, para chegar ao local.

Dentre as autoridades políticas que acompanharam o reitor durante a passagem pela unidade, estavam o senador Delcídio do Amaral e os deputados federais Vander Loubet e Antonio Carlos Biffi. O senador, após conversa com os deputados, se comprometeu a pedir os recursos ao governo federal para o asfaltamento do trecho da rodovia que liga o câmpus à área urbana de Nova Andradina.

Também participaram da visita os deputados estaduais Laerte Tetila e Dione Hashioka, o prefeito de Nova Andradina, Roberto Hashioka, e os prefeitos de Taquarussu, Anaurilândia, Batayporã e Ivinhema, além de vereadores e lideranças comunitárias dos municípios do Vale do Ivinhema.

Nova Andradina

O câmpus, que fica localizado em uma área total de 181 hectares, oferta os cursos técnicos integrados de nível médio em Agropecuária e Informática, além do curso Manutenção e Suporte em Informática, que ocorre na modalidade Educação de Jovens e Adultos (Proeja).

Também são oferecidos os cursos técnicos a distância, modalidade subsequente, de Administração, Agente Comunitário de Saúde e Transações Imobiliárias. Já para o nível superior, a opção é curso de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

O transporte dos alunos da cidade ao câmpus é feito diariamente com veículos próprios da instituição. Também há refeitório e moradia estudantil, destinado a alunos de outros municípios, com capacidade para 64 discentes.

Para o diretor-geral do Câmpus Nova Andradina, Márcio Lustosa Santos, a visita serviu para expor as iniciativas desenvolvidas na unidade. “Em nossas ações, procuramos gerar tecnologia para atender demandas locais, destacando a vocação agrária da região, característica importante na criação de nossos projetos”, comentou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.