Buscar

Leilão de transmissão vai gerar investimentos de R$ 6 bilhões

Marcado por forte disputa, o leilão de 2,6 mil quilômetros de linhas de transmissão teve todos os seus 20 lotes arrematados nesta quinta-feira (28). Responsável pelo certame, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) prevê investimentos de R$ 6 bilhões e a geração de mais de 13 mil empregos ao longo do período de concessão, que é de 30 anos.

Diferente dos outros leilões em infraestrutura, vence o certame a empresa ou consórcio que oferecer a menor receita para construir e operar as linhas, o que resulta na redução das tarifas cobradas ao consumidor. Neste caso, a o deságio médio obtido na disputa foi de 55,26%, o maior dos últimos 20 anos.

As instalações de transmissão deverão entrar em operação comercial no prazo de 36 a 63 meses, a partir da assinatura dos respectivos contratos de concessão.

Lotes

Com forte presença do leilão, a empresa indiana Sterlite Power Grid arrematou seis lotes do certame e assumiu investimentos de R$ 3,6 bilhões, de um total de R$ 6 bilhões. Entre os lotes mais almejados, diante de uma proposta de deságio de 58,54% em relação à oferta mínima exigida pela Aneel, a empresa ganhou o direito de construir e operar os 541 quilômetros de linhas localizadas entre o Ceará e o Rio Grande do Norte. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.