Buscar

Mais Médicos: profissional com CRM Brasil deve se apresentar até 10/1

Ao todo, 1.070 médicos devem comparecer aos locais indicados na inscrição. Prazo termina na próxima quinta-feira (10)

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Cb image default

Começa nesta segunda (7) o prazo para os profissionais formados no Brasil se apresentarem nas localidades indicadas durante a inscrição da segunda chamada do programa Mais Médicos. Ao todo, 1.070 médicos devem comparecer aos municípios. O prazo termina na próxima quinta-feira (10).

Os profissionais que decidirem não se apresentar devem informar a desistência à prefeitura do município escolhido, que comunicará a renúncia ao Ministério da Saúde. Nesses casos, as vagas abertas serão realocadas pela pasta e ficarão disponíveis aos médicos formados no exterior.

Inicialmente, foram ofertadas 842 vagas em 287 municípios e 26 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) aos profissionais formados fora do País. Esse número pode aumentar dependendo do total de médicos brasileiros que desistirem do programa.

As vagas remanescentes devem ser preenchidas nos dias 23 e 24 deste mês pelos médicos brasileiros com diploma no exterior. Nos dias 30 e 31, as demais vagas disponíveis serão abertas aos profissionais estrangeiros formados fora do Brasil. A seleção dos municípios deve ser feita pelo site do programa.

Confira o cronograma das próximas etapas:

De 07/01 a 10/01 – Apresentação nos municípios dos médicos com registro no Brasil

De 23/01 a 24/01 – Médicos brasileiros formados no exterior escolhem vagas disponíveis

De 30/01 a 31/01 – Médicos estrangeiros formados no exterior escolhem vagas disponíveis

MAIS MÉDICOS

Criado em 2013, o Programa Mais Médicos ampliou à assistência na Atenção Básica fixando médicos nas regiões com carência de profissionais. O programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 DSEIs, levando assistência para cerca de 63 milhões de brasileiros.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.