Buscar

Mercosul negocia acordo de Livre Comércio com o Canadá

Mercosul e Canadá iniciaram nesta sexta-feira (9) as negociações do acordo de Livre Comércio. Os ministros Marcos Jorge de Lima (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços) e Aloysio Nunes (Relações Exteriores) e outros representantes de países que compõem o Mercosul estão em Assunção, no Paraguai, para participar da cerimônia de lançamento. A primeira rodada negociadora está marcada para a semana de 19 de março, em Ottawa.

Segundo o ministro Marcos Jorge, Mercosul e Canadá pretendem realizar um acordo amplo que irá incluir temas como o comércio de bens, serviços, compras governamentais, pequenas e médias empresas, barreiras não tarifárias e propriedade intelectual. “O Canadá é um importante e exigente mercado consumidor. Em 2017, o fluxo comercial entre Brasil e Canadá foi de cerca de US$ 4,5 bilhões, com um superávit para o Brasil de pouco mais de US$ 950 milhões. Esperamos aumento expressivo e a diversificação da nossa pauta exportadora que hoje é bastante concentrada”, disse.

A participação brasileira nas importações canadenses oscilou em torno de 0,6% nos últimos anos. Já os produtos do país norte-americano representam entre 1% e 1,5% das compras brasileiras. De acordo com o Mdic, a pauta comercial bilateral é concentrada em produtos químicos inorgânicos, açúcar e produtos de confeitaria, pedras e metais preciosos (do lado brasileiro) e adubos e fertilizantes, reatores nucleares, máquinas e aparelhos, aeronaves e suas partes (do lado canadense). 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.