Buscar

Nova Andradina e outros 61 municípios de MS recebem equipamentos para a agricultura familiar

Na região, foram contemplados Nova Andradina, Anaurilândia, Ivinhema, Taquarussu, Novo Horizonte do Sul, Bataguassu e Angélica

Imagens: Edemir Rodrigues

Cb image default

Sabe-se que a agricultura familiar é a responsável por garantir a segurança alimentar do País, gerando os produtos da cesta básica consumidos pelos brasileiros. A estimativa é de cerca de 70% dos alimentos que vão para as nossas mesas são oriundos da produção com mão-de-obra familiar. Diante de tamanha importância é que o governador Reinaldo Azambuja promoveu, nesta segunda-feira (11), a maior entrega de equipamentos para fomentar o setor, calculada em R$ 12 milhões investidos na aquisição de 567 implementos agrícolas.

Entre os 567 equipamentos expostos no canteiro do Cepaer – Centro de Pesquisa e Capacitação da Agraer – Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural, 95 são tratores, 96 grades aradoras, 87 grades niveladoras, 86 calcareadeiras, 80 rotoencanteiradores, 79 pás carregadeiras, 6 roçadeiras, 5 ensiladeiras, 13 carretinhas e 20 resfriadores com capacidade de mil litros cada. A cerimônia promovida em uma dos espaços da Agraer recepcionou dezenas de pessoas entre lideranças municipais, estaduais, federais e, principalmente, os protagonistas da ação que são os agricultores familiares.

Para o diretor-presidente da Agraer, André Nogueira, a patrulha mecanizada é bem recebida não somente pelo setor produtivo, agricultura familiar, como pelos próprios técnicos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). “São equipamentos novos que não demandam uma grande manutenção, risco de ficarem encostados por problemas, e a Agraer detém muito conhecimento de cultivo através de nossos profissionais. Então, os equipamentos ajudam a plantar, colher no tempo certo e a ofertar produtos no mercado de maior qualidade”.

Cb image default

Implementos Agrícolas

Juntos todos os maquinários equivalem a R$ 12.373.344,00, um montante que será aplicado na mecanização das pequenas propriedades rurais dos quatro cantos do Estado. Uma forma de tornar a agricultura familiar mais competitiva no mercado, o que pode contribuir com a redução de importação de alimentos, já que o Mato Grosso do Sul ainda depende de produtos de hortigranjeiros de outros estados, em especial, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Nova Andradina, Angélica, Anaurilândia, Taquarussu, Novo Horizonte do Sul, Bataguassu, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Naviraí, Campo Grande, Coronel Sapucaia, Douradina, Rio Verde, Tacuru, Caarapó, Japorã, Ponta Porã, Itaquiraí, Fátima do Sul, Figueirão, Inocência, Juti, Ivinhema, Rio Negro, Selvíria, Sete Quedas, Sonora, Alcinópolis, Antônio João, Bandeirantes, Jateí, Terenos, Paranhos, Ribas do Rio Pardo, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Aquidauana, Bodoquena, Água Clara, Aparecida do Taboado, Cassilândia, Coxim, Maracaju, Vicentina, Amambai, Eldorado, Miranda, Aral Moreira, Mundo Novo, Glória de Dourados, Iguatemi, Nioaque, Bela Vista, Corumbá, Jardim, Corguinho, Itaporã, Paranaíba, Caracol, Rio Brilhante e Rochedo são os 62 municípios contemplados nesta fase.

Cb image default

Brasilândia, Costa Rica, Laguna Caarapã, Nova Alvorada do Sul, Paraíso das Águas e Pedro Gomes que ainda não foram contemplados pelo poder executivo estadual serão assistidos, em um futuro momento, conforme informações repassadas durante a solenidade. Já na listagem de beneficiados com resfriadores estão Nioaque, Sidrolândia, Fátima do Sul, Juti, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Mundo Novo, Angélica, Nova Andradina, Amambai, Paranhos, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste, Brasilândia, Inocência, Paranaíba e Selvíria.

Os recursos são oriundos de emenda da bancada federal, oito deputados federais e três senadores, de recursos do próprio Governo do Estado e de propostas voluntárias da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento (Sead), Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco).

A cerimônia de entrega de equipamentos ainda contou com a presença da vice-governadora, Rose Modesto; dos secretários de Estado Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Helianey Paulo da Silva (Seinfra); dos parlamentares estaduais Júnior Mocchi, Beto Pereira, Enelvo Felini, João Grandão, Renato Câmara, Paulo Correa, Mara Caseiro, Eduardo Rocha, Rinaldo Modesto; e dos federais Teresa Cristina, Zeca do PT, Vander Loubet, Geraldo Rezende, Elizeu Dionísio, Dagoberto Nogueira; dos senadores Moka e Simone Tebet; e do diretor-presidente do Detran, Roberto Hashioka. Além de outras autoridades do Estado, prefeitos, municípios, lideranças e agricultores familiares. (As informações são da Agraer).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.