Buscar

Nova Andradina mobiliza secretarias para implantar nova fase da Redesim 

Ação visa fortalecer políticas de incentivo aos empreendedores locais

A Prefeitura de Nova Andradina mobiliza as secretarias municipais para a implantação da nova fase da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim). A adesão do município foi oficializada pelo prefeito Roberto Hashioka e visa fortalecer políticas de incentivo aos empreendedores locais. A primeira reunião entre os representantes será realizada no próximo dia 22, a partir das 8h, no auditório da Prefeitura. “Será uma oportunidade para sensibilizarmos as lideranças quanto à importância desse processo e o papel de cada setor para a integração dessa proposta”, afirmou André Delgado, coordenador da Sala do Empreendedor. 

Com apoio do Sebrae, prefeito Roberto Hashioka oficializou adesão de Nova Andradina no segundo semestre de 2014 (Foto: Cogecom/Arquivo)

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, Márcio Costa, o encontro deverá reunir representantes de secretarias e departamentos relacionados ao Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, Cadastro, Posturas e Finanças, além do Corpo de Bombeiros e Procuradoria Geral do Município. Já no dia 12 de abril, das 7h às 11h e das 13h às 17h, será realizado, com todos os envolvidos, workshop para o treinamento do novo sistema, nas dependências do Núcleo de Tecnologia Municipal (NTM), anexo à Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Semec). Ainda no dia 12 de abril, das 7h às 11h, a nova etapa de implantação da Redesim contará com capacitação pela Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul (Jucems). A qualificação é voltada aos contadores do município e será promovida no auditório da Prefeitura.Sobre a Redesim A Redesim se baseia em uma sistemática completa e padronizada voltada para a desburocratização dos trâmites de abertura, alteração e encerramento de empresas, especialmente no que concerne à simplificação, racionalização, desoneração e integração do processo de registro de empreendimentos. O sistema fará a integração de todos os processos dos órgãos e entidades responsáveis pelo registro, inscrição, alteração e baixa das empresas, por meio de uma única entrada de dados e de documentos, acessada via internet. Com a Redesim, os usuários também poderão obter informações e orientações pela internet ou de forma presencial.Depois de 100% implantada, a Redesim permitirá o funcionamento imediato dos empreendimentos que atuem em áreas não consideradas de alto risco. Estima-se que essas empresas correspondam a mais de 70% do total de sociedades em funcionamento no Brasil.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.