Buscar

Polícia Federal descarta prisão de ex-presidente Lula pelas próximas horas

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não se apresentou à Polícia Federal nesta sexta, como determinou juiz Sérgio Moro

Cb image default

Lula acena para militantes em frente à sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC - Imagem: Edu Garcia / R7

A Polícia Federal decidiu não cumprir nesta sexta-feira (06) o mandado de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Condenado a 12 anos e 1 mês de prisão no caso do tríplex do Guarujá (SP), Lula tinha prazo até as 17h de hoje para se apresentar à sede da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná.

O petista, no entanto, permanece na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, onde chegou na noite de quinta-feira (05).

O ex-presidente ficará no local pelo menos até a missa em homenagem à memória da ex-primeira-dama Marísa Letícia, que ocorre no local às 9h30 deste sábado (07).

O R7 apurou que continuam as negociações entre Polícia Federal e os advogados do ex-presidente para determinar a forma como a prisão será feita. 

Dentro da PF, a expectativa é de que isso ocorra neste sábado (07), após o ato em homenagem a Marisa Letícia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.