Buscar

Prévia da inflação oficial recua para o menor nível desde 2000

Confira o percentual da inflação dos alimentos no PaísA prévia da inflação oficial de maio recuou para o menor nível desde 2000.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o indicador, no mês, ficou em 0,14%. Preços de alimentação, de artigos de residência e de transporte deram as maiores contribuições para essa desaceleração.

Os dados foram divulgados na quarta-feira (23) e fazem parte do Índice de Preços ao Consumidor Amplo -15 (IPCA-15), que é uma prévia do número oficial.

No acumulado do ano, o indicador ficou em 1,23%, a menor variação para o período desde 1994, quando teve início o Plano Real.

No grupo transportes, a queda de preços do etanol (-5,17%) e das passagens aéreas (-14,94%) contribuíram para o resultado favorável do grupo e para a queda da prévia da inflação de maio.

Também foram destaques no mês os preços de pescados (-3,51%), ovo de galinha (-2,67%), cerveja (-2,12%), arroz (-1,35%), feijão-preto (-0,95%), acém (-0,66%).

Entre as capitais pesquisadas, os melhores desempenhos foram de Rio de Janeiro (-0,03%), Goiânia (-0,04%) e São Paulo (-0,19%).

Como se calcula o IPCA-15

Para calcular o IPCA-15, os pesquisadores coletaram preços entre 14 de abril e 15 de maio de 2018. Esses dados são comparados com os preços vigentes entre 16 de março a 13 de abril. O indicador refere-se às famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.