Buscar

Serviços de energia elétrica no País melhoraram em 2017

A qualidade dos serviços de distribuição de energia elétrica melhorou em 2017, conforme apontam os indicadores DEC* e FEC** apurados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Ao longo do ano passado, os consumidores ficaram 14,35 horas em média sem energia (DEC), o que representa uma redução de 9,23% do valor registrado em 2016, de 15,81 horas em média.

O valor do DEC no ano de 2017 é o menor valor histórico para esse indicador. A frequência (FEC) no número de interrupções se manteve em trajetória decrescente, com redução de 8,87 interrupções em média em 2016 para 8,20 interrupções em média por consumidor em 2017, o que significa uma melhora de 7,55% no período.

O avanço é resultado de ações da Aneel, como as novas regras de qualidade do fornecimento nos contratos de concessão das distribuidoras, a adoção de planos de resultados para as distribuidoras que apresentavam pior desempenho, compensação financeira ao consumidor, fiscalizações da Agência e definição de limites de interrupção decrescentes para as concessionárias.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.