Buscar

Tomada com 3 eletrodomésticos provocou incêndio, diz polícia

Segundo o secretário da Segurança Urbana, curto-circuito aconteceu no quinto andar do prédio, na residência de família com quatro pessoas

Imagem: Edu Garcia / R7

Cb image default

Um curto-circuito por causa da ligação de três eletrodomésticos na mesma tomada foi o motivo do incêndio no prédio que desabou na última terça-feira (1º), no Largo do Paissandu (centro de São Paulo). Essas são as informações do secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

Em entrevista coletiva à imprensa na tarde desta quinta-feira (3), o secretário disse que o acidente iniciou no apartamento de uma família de quatro pessoas, no quinto andar. Todas estavam dormindo em casa.

Dos membros da família que estavam na casa, a mãe e uma criança de 10 meses conseguiram escapar. Já o pai e uma outra criança, de 3 anos, não fugiram rapidamente e acabaram atingidos pelo fogo.

O homem, identificado como Pedro Lucas de Sampaio Viana Ribeiro, 32 anos, está internado no Hospital Santa Casa, enquanto a criança segue em estado gravíssimo no Hospital das Clínicas.

Segundo a Polícia Civil, o caso foi esclarecido depois que os policiais localizaram Walkiria Camargo do Nascimento, que morava no apartamento onde o fogo começou. Segundo as investigações, havia um micro-ondas, uma geladeira e uma televisão conectados a uma tomada, que sofreu um curto-circuito e explodiu.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.