Buscar

Um ano depois de aprovada na Uems, menina de 13 anos passa na UFMS

A adolescente Letícia Yumi Herculano Togoe, de 13 anos, que no ano passado foi aprovada na Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), sendo a mais nova no Estado a conseguir esse feito,conforme noticiado, passou agora na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), no curso de Letras – habilitação Português/Espanhol.

Letícia recém iniciou o 1º ano do ensino médio, já fez duas provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e inscrita no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) conseguiu uma vaga no ano passado em Pedagogia e agora em Letras. Mas a menina não pretende entrar na universidade neste momento, “eu quero fazer todas as séries da escola, pois estou me preparando para medicina”, disse.

O sonho de ser médica veio da admiração que tem, desde a infância, pelo pediatra, Eldecastro Sevilha, que chamava carinhosamente de doutor Ervilha. “Quero fazer medicina para ajudar as pessoas, acho muito interessante a profissão”, contou a menina.

Ela pretende cursar medicina na Universidade de São Paulo (USP) ou nos Estados Unidos, na Universidade Harvard. Para isso ela estuda inglês e japonês, mas sua mãe, Marli Togoe, disse que a adolescente não é forçada a estudar, “ela é uma menina normal, é dela o sonho de fazer medicina e nós apoiamos”.

Letícia Togoe não fez cursos extras e achou a prova do Enem um pouco mais difícil que a do ano passado, “acho que tenho que melhorar em química, pois as questões são mais complicadas, tenho mais facilidade em geografia e história”.

A garota aprendeu japonês nos três anos em que morou no Japão, dos seus 7 aos 10 anos, porém não pretende voltar para lá, “faço o curso para não esquecer a língua, os lugares lá são muito legais, mas prefiro o Brasil”. Ela nasceu no Japão e depois veio para Dourados, atualmente mora em Campo Grande com seus pais.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.