Buscar

Você aceitaria pegar febre tifoide por R$ 16 mil?

Imagine contrair febre tifoide de propósito para ganhar, em contrapartida, R$ 16,6 mil.

Foi o que fez a estudante britânica Siân Rogers.  

A jovem de 22 anos aceitou ser infectada pela doença como parte de um estudo clínico que vai durar um ano.

Como contrapartida, ela vai ganhar 3 mil libras.

Depois do que ela descreveu como duas semanas "muito intensas", tudo o que ela precisa agora é um check-up eventual.

Siân, que também aceitou contrair uma forma do vírus ebola no passado, diz que não aceitou o convite apenas por dinheiro, apesar de confessar que esse é seu maior interesse.

"É muito importante que tenhamos pesquisas médicas...algo como a febre tifoide em alguns países pode matar pessoas", disse ela aoNewsbeat , programa de rádio da BBC.

Siân conta que, em nenhum momento, ficou com medo.

"Tive uma amigdalite muito grave (no passado) e precisei ser hospitalizada. Pelo menos com a febre tifoide eu pude comer e beber".

Testes clínicos não são comuns no Reino Unido ? experimentos como esses são realizados para testar novos tratamentos, mas poucos deles envolvem contrair doenças, como a febre tifoide.

Imagem: Sian Rogers

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.