Buscar

Professor é condenado a 508 anos de prisão por abusar de alunos na Turquia

Um professor turco de 54 anos foi condenado a 508 anos de prisão por ter abusado sexualmente de dez alunos a quem dava aulas particulares, informou ontem o jornal Milliyet.

O professor Muharrem B. foi condenado depois de um tribunal ter considerado que ficou provado que cometeu abusos sexuais, com privação de liberdade e danos físicos a dez alunos, cujas idades não foram reveladas.

As vítimas tinham aulas com o acusado no âmbito da fundação religiosa Ensar e a associação de antigos alunos dos colégios religiosos Kaimder, que serviram de acusação no processo. Deputados da oposição turca criticaram a posição da fundação e da associação, considerando que também deveriam ter sido investigadas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.