Buscar

Tiroteio deixa ao menos 26 mortos e vários feridos no Texas (EUA)

Homem abriu fogo dentro de igreja durante cerimônia religiosa

Imagem: Max Massey/KSAT 12/via Reuters

Cb image default

Ao menos 26 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas após um homem invadir uma igreja e abrir fogo em Sutherland Springs, pequena cidade do Texas, a 65 km de San Antonio, nos Estados Unidos. O número de mortos foi informado pelo governador do Texas, Greg Abbott. O oficial de polícia Albert Gamez Jr. também informou, em entrevista à emissora CBS News:

— As informações ainda são preliminares, mas o que sei agora, o que está sendo informado, é que são 26 mortos e de 20 a 25 feridos. Ainda não foi confirmado se o atirador, que acabou morto após perseguição policial, está entre o número de vítimas.

O atirador morreu após uma perseguição policial que terminou no condado vizinho de Guadalupe, segundo o porta-voz do escritório do xerife local, Robert Murphy. Os policiais ainda não sabem se o atirador foi morto pelos oficiais ou se suicidou durante a perseguição. Foram encontradas, segundo a rede CNN, armas dentro do veículo que ele dirigia.

O atirador, informa a polícia, é branco, tem pouco mais de 20 anos e usava um colete à prova de balas.  O ataque aconteceu por volta das 11h30 (15h30 no horário de Brasília), na Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs, cidade que tem pouco menos de mil habitantes. Cerca de 50 pessoas costumam comparecer nesse horário, aos domingos na igreja.

Segundo informações da rede norte-americana NBC News, uma testemunha que estava em um posto de gasolina próximo ao local disse ter ouvido dezenas de disparos. "Nós ouvimos disparos de semiautomática, estávamos a cerca de 45 metros da igreja. Essa é uma comunidade pequena, então todos estavam curiosos para saber o que estava acontecendo", declarou a testemunha Carrie Matula.

Vítimas do tiroteio foram encaminhadas ao Connally Memorial Medical Center, hospital em Floresville, a 24 km de Sutherland Springs. As vítimas têm entre 5 e 76 anos, informa a CNN. Testemunhas afirmam que há crianças e uma mulher grávida entre os mortos, além de diversos feridos em estado crítico. Sherry Pomeroy, mulher do pastor Frank Pomeroy, informou que Annabelle Renee Pomeroy, sua filha de 14 anos é uma das vítimas fatais do atirador. Ela disse à CNN que nem ela e o marido estavam no local na hora do ataque. Ainda não há informações sobre a motivação do crime.

No início da noite, policiais iniciaram uma busca por explosivos e armas na casa do suspeito de ser o atirador. As autoridades não revelaram onde fica a casa, mas confirmaram ao jornal Houston Chronicle uma operação com cães farejadores. O jornal The New York Times informou que um homem identificado como Devin Kelley, de 26 anos, seria o atirador. Um funcionário do governo disse à Associated Press que o suspeito morava no subúrbio de San Antonio e que, aparentemente, não tinha ligações com grupos terroristas. A polícia está vasculhando as postagens do suspeito em redes sociais do suspeito, incluindo uma em que ele parece mostrar uma arma semiautomática.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse no início da noite que monitora a situação do mortos e feridos. "Que Deus esteja com as pessoas de Sutherland Springs, no Texas. O FBI e as autoridades judiciais estão no local. Estou monitorando a situação do Japão", declarou em seu perfil no Twitter.

O governador do Texas Greg Abbott fez uma declaração sobre o tiroteio. "Enquanto os detalhes desse ato horrível ainda estão sob investigação, Cecilia e eu queremos enviar nossas mais sinceras orações a todos aqueles que foram afetados por este ato maligno. Eu quero agradecer às autoridades por sua resposta e pedir que todos os texanos rezem pela comunidade de Sutherland Springs durante esse período de luto e perda". Cerca de 860 pessoas vivem na região dede Sutherland Springs em 2010, de acordo com o Censo dos EUA.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.