Buscar

Academia que explodiu tem alvará, diz Prefeitura de São Bernardo

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC, informou que a academia "Tem Esportes" possui alvará de funcionamento vigente. No fim da manhã deste sábado, uma explosão no edifício matou duas pessoas e deixou outras nove feridas. Seis imóveis, incluindo a academia, foram interditados.

A professora de natação Helne Boriczeski Alves, de 24 anos, trabalhava no momento da explosão. Ela não resistiu aos ferimentos. O torneiro mecânico Marcos Aparecido Pardim, de 51 anos, morava em uma casa atrás da academia e também morreu.

Ainda segundo a Prefeitura, cinco dos nove feridos permaneciam internados nesta noite. Um homem e uma mulher estavam no Pronto-Socorro Central da cidade por conta de fraturas. Uma mulher foi transferida para o Hospital de Clínicas de São Bernardo devido a uma fratura exposta, e outra está em atendimento. Um homem que estava na UPA Pauliceia foi transferido para o Hospital Anchieta devido a um trauma toráxico.

Os bombeiros afirmam que a principal hipótese é que um vazamento de gás tenha causado a explosão. Vizinhos relataram um forte cheiro de gás no entorno da academia. A Polícia Civil vai apurar as circunstâncias e eventuais responsabilidades pelo acidente. A Tem Esportes divulgou nota dizendo que lamenta o ocorrido, que ajudará nas investigações e prestará assistência aos familiares.

A explosão ocorreu por volta das 11h. Dezoito equipes dos bombeiros foram ao local, na rua Miragaia, no bairro Paulicéia. A rua foi interditada. Parte da estrutura do imóvel desabou. Agora, a Prefeitura de São Bernardo do Campo deverá fazer uma vistoria para examinar as condições do imóvel. A Defesa Civil informou que vai interditar quatro imóveis.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.