Buscar

Acidentes em rodovias não param e dois casos foram registrados na BR-267 em Bataguassu

Em um dos casos o motorista cochilou e saiu fora da pista, enquanto o primeiro envolveu uma carreta bi-trem que tombou

A BR-267, uma das rodovias que corta a região do Vale do Ivinhema, foi palco de dois acidentes no município de Bataguassu. O último caso aconteceu na tarde desse sábado (3) e resultou em uma mulher ferida.

Segundo as informações do site Da Hora Bataguassu, o condutor de uma caminhonete Chevrolet D10, com placas de São Paulo, perdeu o controle da direção após cochilar ao volante. O homem, de 65 anos, colidiu contra o meio fio do acostamento e saiu da pista.

Cb image default
Condutor de D10 perdeu o controle da direção após cochilar ao volante - Foto: Da Hora Bataguassu

Com o impacto, a vítima, que estava no banco traseiro da caminhonete, quebrou o nariz. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao pronto socorro municipal.

A Polícia Militar esteve no local assim como a PRF, que realizou o teste do bafômetro no motorista. O resultado foi negativo para a presença de álcool no organismo do condutor.

Já o primeiro acidente aconteceu na noite dessa sexta-feira (2). Uma carreta bi-trem, com placas de Três Lagoas (MS), tombou às margens da rodovia BR-267 na altura do Km 27. Segundo informações também do site Da Hora Bataguassu, o motorista teria realizado uma manobra proibida e tombou ao tentar acessar uma estrada rural.

Cb image default

Motorista realiza manobra irregular e tomba carreta também na BR-267 - Foto: Da Hora Bataguassu

Ao tentar entrar em uma estrada rural que faz o desvio de veículos pesados para a rodovia MS-395, o condutor acabou perdendo o controle da direção do veículo, que tombou às margens da BR-267. 

Pelo apurado, a manobra realizada pelo condutor estava irregular, pois como a carreta seguia pela BR-267 sentido Bataguassu - Presidente Epitácio, o mesmo teria que realizar o retorno no Distrito Nova Porto XV para não precisar cruzar a rodovia com um veículo de grande porte.

Logo após o acidente, o Corpo de Bombeiros foi acionado, porém, o motorista recusou atendimento dos militares. A Polícia Rodoviária esteve no local. (com informações do site Da Hora Bataguassu)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.