Buscar

Agora - Sem-terras bloqueiam BR-267, na região de Nova Casa Verde

O manifesto seria em protesto contra a prisão do ex- presidente Luiz Inácio Lua da Silva

Desde as 09h desta sexta-feira (06), um grupo de trabalhadores rurais sem-terras bloquearam a rodovia BR-267, na região de Nova Casa Verde, em Nova Andradina. Com pneus e pedaços de madeira, os manifestantes interditaram a via, na altura do Km 126, e permitem apenas a passagem de ambulâncias e cargas perecíveis 10 minutos em cada lado da pista.

De acordo com as primeiras informações, eles protestam contra a prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. Motorista que seguiam para a capital do10 Estado, ainda na manhã de hoje, relataram ao Nova News, por telefone, que por enquanto a situação é tranquila no local. Uma longa fila de veículos já se forma ao longo da rodovia.

O Nova News está acompanhando o movimento e recebeu há pouco, na redação, a ligação de uma pessoa identificada como Osmar de Souza, se passando por membro da direção do MST. Segundo ele, a manifestação não se dá devido à prisão de Lula. O objetivo seria chamar a atenção dos governantes para a reforma agrária no país.

Em contato com a PRF, a reportagem apurou que o bloqueio organizado que acontece em Nova Andradina, assim como em outras regiões do Estado, foi informado como sendo um manifestado ao ex-presidente.

Cb image default
A PRF está no local controlando a situação que teve início na manhã desta sexta-feira (6) - Foto: Divulgação/PRF

Manifesto pelo Estado

Além da região de Nova Andradina, os integrantes do grupo ligados ao MST estão impedindo ainda passagem de veículos na BR-262, perto do acesso a Dois Irmãos do Buriti e na BR-163 na região de Itaquiraí.

Prisão de Lula

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba (PR), determinou nesta quinta-feira (5) a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em despacho, Moro dá a opção para que Lula se apresente voluntariamente à sede da Polícia Federal em Curitiba até as 17h desta sexta-feira (6). (matéria reeditada às 12h13 para o acréscimo de novas informações)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.