Buscar

Após casamento que durou 17 anos, mulher pede para ficar com carro e é agredida

Autor teria perfurado o dedo da vítima com a chave do carro quase chegando ao ponto de quebrá-lo

Cb image default
Vítima compareceu na DAM na manhã desta quarta-feira (28) - Foto: Luciene Carvalho/Nova News

Uma mulher, de 34 anos, compareceu na DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), na manhã desta quarta-feira (28), para denunciar o ex-marido, de 37 anos, com que foi casada por 17 anos e que há três meses estão separados.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, a vítima foi agredida pelo ex-convivente após uma discussão quando ela pediu para ficar com o carro obtido durante o casamento e que está em posse do autor.

Durante o desentendimento, o autor teria perfurado o dedo da vítima com a chave do carro quase chegando ao ponto de quebrá-lo. Além de machucar a ex-mulher com a chave, o acusado ainda teria a agredido com socos e chutes, enquanto a xingava por diversas vezes.

Para se defender, a mulher entrou em luta corporal com o autor que foi impedido de continuar machucando a vítima pela filha do casal. Diante das agressões sofridas, ela procurou a delegacia para requerer a concessão de medidas protetivas de urgência, bem como demonstrouu interesse em representar criminalmente contra o autor.

Conforme consta na ocorrência policial, a vítima chegou a procurar um hospital para receber atendimento médico após sofrer as agressões. O relacionamento do então casal resultou em três em filhos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.