Buscar

Após fazer cliente de ‘escudo’, jovem é morto em tentativa de assalto à clínica médica

Suspeito não teria acatado ordem policial e foi alvejado a tiros para a ação ser contida

As atenções policiais desta sexta-feira (2) em Campo Grande se voltaram para uma tentativa de assalto que terminou com um dos suspeitos morto. Um jovem de 18 anos que, segundo a polícia, fez um cliente "de escudo" ao ser flagrado em tentativa de assalto em uma clínica médica, foi baleado na ação.

Segundo as informações do site G1 MS, João Guedes Neto estava com arma em punho, acompanhado de outro assaltante de 40 anos, quando policiais do Batalhão de Choque (BpChoque) chegaram no local e o suspeito não acatou a ordem policial.

A denúncia chegou ao conhecimento da polícia por volta das 17h40, quando uma pessoa passava pela Rua Presidente Tancredo Neves, Bairro Aero Rancho, região sul da cidade, e viu a dupla estacionando a motocicleta. Eles entraram de capacete e clientes que aguardavam atendimento foram rendidos. O primeiro se entregou de imediato. O outro no entanto, continuou a apontar a arma para a equipe policial, sendo necessário alvejá-lo para cessar o crime.

Cb image default
Suspeito continuou a apontar a arma para a equipe policia quando foi alvejado - Foto: Reprodução/G1 MS

O assaltante foi desarmado e recebeu atendimento médico no hospital Rosa Pedrossian, ainda de acordo com a polícia. Em depoimento, as vítimas ressaltaram que foram agredidas com coronhadas, chutes e empurrões, dizendo ainda que os assaltantes exigiam todo o dinheiro arrecadado no dia e pertences pessoais das vítimas.

A delegada plantonista foi ao local, além de peritos criminais. A motocicleta dos envolvidos foi encaminhada até a Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (Derf). João Guedes possuía extensa ficha criminal, quando adolescente. A polícia também apreendeu R$ 750, um revólver calibre 38 e a ocorrência foi registrada como roubo, porte ilegal de arma de fogo e resistência. (com informações do site G1 MS)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.