Buscar

Após um mês, condutor de R3 que parou embaixo de carreta em acidente morre no HR

Motociclista estava internado na UTI do Hospital Regional ‘Francisco Dantas Maniçoba’, em Nova Andradina

Morreu no início da noite desta quinta-feira (17) o jovem Jean Carlos Santana Gouveia, de 23 anos, vítima de um acidente ocorrido há exatos 1 mês e 2 dias em Nova Andradina. Ganhando ampla repercussão, ele pilotava uma Yamaha R3 quando colidiu em outra moto e foi parar embaixo de uma carreta.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, o motociclista estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Regional ‘Francisco Dantas Maniçoba’, em Nova Andradina. Até o fechamento da matéria, a direção não se pronunciou sobre a causa da morte do jovem.

Extraoficialmente, a reportagem apurou que Jean Carlos que ele se recuperava bem do acidente e teria contraído uma pneumonia nos últimos dias.

Conforme noticiado pelo Nova News, o acidente aconteceu no último dia 15 de abril no cruzamento da Avenida José Heitor de Almeida Camargo com a Rua Johan Gill, por volta das 20h52. No local, a reportagem apurou que a ocorrência envolveu uma moto Yamaha R3 e uma Honda Titan 150.

Cb image default
Jean Carlos Santana Gouveia, de 23 anos, morreu nesta quinta-feira (17) - Foto: Márcio Rogério/Nova News

O condutor da Honda seguia pela Rua Johan Gil e, ao chegar no cruzamento, para atravessar a avenida, não percebeu a presença da outra moto que trafegava sentido centro Bairro Centro Educacional. Com o choque, o motociclista caiu e o jovem que pilotava a R3 perdeu o controle da direção, batendo na traseira de uma carreta que estava estacionada na via.

Como pôde ser visto no local, a vítima foi parar embaixo da carreta e estava inconsciente na hora do socorro prestado por militares do Corpo de Bombeiros e do Samu. Já o condutor da Honda também foi socorrido após ser encontrado a cerca de 30 metros do local do acidente.

Jean Carlos teve fraturas no fêmur, braço, perna e pé e chegou a passar por procedimento cirúrgico no HR. Após o acidente, ele chegou a ser levado para Dourados para exames mais detalhados e retornou para a unidade hospitalar de Nova Andradina.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.