Buscar

Bataguassu - Homem acusado de atropelar e matar namorada é preso pela Polícia Civil

Imagem: Sérgio Melucci

Cb image default

Na noite da última sexta-feira (02), um homem de 37 anos foi preso por investigadores da Polícia Civil após ser apontado como o suspeito de ter assassinado Maiara Cristina Martins da Silva, de 31 anos. As investigações apontam que o acusado matou a namorada após espanca-la e jogá-la de um veículo em movimento na rodovia MS-395, em Bataguassu.

De acordo com as investigações, na madrugada de quarta-feira (31), o acusado encaminhou sua namorada, gravemente ferida, ao pronto socorro da Santa Casa de Misericórdia de Bataguassu. Na ocasião, homem informou aos policiais militares, que foram acionados pela equipe médica do pronto socorro, que sua namorada havia se jogado de um veículo em movimento, após uma briga entre os dois.

O homem foi encaminhado à Delegacia Polícia Civil. Na companhia de seu advogado, o acusado prestou esclarecimentos e foi liberado em seguida. O veículo que o casal estava foi apreendido.

Imagem: Sérgio Melucci

Cb image default

Devido à gravidade de um traumatismo craniano e outros ferimentos, a vítima foi transferida para uma unidade de saúde de Três Lagoas, onde acabou falecendo na madrugada de quinta-feira (01).

De acordo com a Polícia Civil de Bataguassu, após a morte de Maiara Cristina, investigadores passaram a acompanhar e investigar o caso. Investigações e exames periciais apontaram que a versão dos fatos, apresentada pelo acusado, não condizia com a verdade.

Em continuidade com as diligências, os investigadores apuraram que o suspeito teria agido ativamente na morte de Maiara Cristina. Segundo a polícia, o suspeito atropelo e passou sobre a vítima com seu veículo.

Diante das evidências, a Polícia Civil de Bataguassu representou pela prisão preventiva e pela expedição de um mandado de busca e apreensão na residência do suspeito, sendo que os mandados foram expedidos pelo Poder Judiciário de Bataguassu na sexta-feira (02).

Segundo as investigações, o suspeito já havia ameaçado a vítima de morte caso o relacionamento entre ambos terminasse. Registros policiais apontaram que suspeito tem diversas passagens policiais por violência doméstica e ameaça.

Ainda de acordo com os delegados, em posse dos mandados, investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Bataguassu, com apoio da Polícia Civil de Presidente Epitácio (SP), conseguiram localizar e prender o suspeito, que estava desaparecido desde o dia dos fatos.

Imagem: Redes Sociais

Cb image default

Em nota, os delegados Nilson Martins e Guilherme Scucuglia, informaram que a rápida elucidação dos fatos só foi possível graças ao apoio de policiais civis e de peritos criminais de Três Lagoas e, também de investigadores da Polícia Civil de Presidente Epitácio.

Ainda em nota, os delegados informaram que a apuração do crime prosseguirá e, em breve, o relatório final do inquérito policial será confeccionado e posteriormente encaminhado ao Poder Judiciário e Ministério Público.

Maiara Cristina Martins da Silva, de 31 anos, foi sepultada na manhã de sexta-feira (02), no cemitério municipal da cidade de Bilac (SP). (As informações são do Portal 89 FM).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.