Buscar

Bataguassu - Três dias após acidente que matou quatro mulheres, familiares encontram mão que seria de uma das vítimas

Parentes disseram que o fato seria um descaso por parte da empresa funerária que removeu os corpos

Imagens: Da Hora Bataguassu

Cb image default

Nesta segunda-feira (01), ao passarem pelo local do acidente que vitimou quatro moradoras de Bataguassu na sexta-feira (28), familiares encontraram uma mão, que seria de uma das vítimas. 

A colisão envolvendo um veículo da Prefeitura de Bataguassu e um caminhão, ocorreu na MS-395, entre Bataguassu e Brasilândia.

Devido a um anel, a mão encontrada carbonizada foi reconhecida pelos familiares como sendo da jovem Thaina Aparecida Rodrigues Ledesma, de 21 anos.

O fato de o membro ser encontrado após os trabalhos do Corpo de Bombeiros, do Núcleo de Perícias e da empresa funerária é considerado pelos familiares como um descaso. 

Eles questionam o fato de os profissionais não terem notado a presença da mão na cena do acidente.

De acordo com o que foi apurado junto ao Corpo de Bombeiros, os militares teriam realizado apenas o corte das ferragens, sendo que a remoção dos cadáveres é de responsabilidade da empresa funerária.

Bastante abalados, familiares disseram que nesta terça-feira (02) seria realizada coleta de material para realização de exames de DNA dos familiares das vítimas para a correta identificação delas, uma vez que os corpos ficaram carbonizados.

Os parentes das mulheres que morreram no acidente receberam a informação de que a liberação dos corpos pode demorar de 15 a 20 dias, até que os exames sejam concluídos. (As informações são do site Da Hora Bataguassu).

Cb image default

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.