Buscar

Batayporã - Frango caipira, que seria o almoço de domingo de uma família, é furtado de galinheiro

Moradora pretendia preparar a ave com uma macarronada, mas o ladrão foi mais rápido

Sabe aquelas velhas expressões usadas para definir quando um ladrão não é tão ambicioso, o chamado “ladrão pé de chinelo” ou “ladrão de galinha”? Pois bem, esse se encaixou no segundo item. Esta foi a análise que uma aposentada revoltada com o sumiço de um frango comprado no sábado (21) e que seria preparado juntamente com uma macarronada neste domingo (22) para a família.

De acordo com a vítima, no fundo do quintal, ela tem um pequeno cercado onde costuma guardar algumas aves por cerca de dois a três dias, para, em seguida, matar, limpar e preparar a ave, no entanto, neste final de semana, a rotina da moradora de Batayporã foi interrompida.

Cb image default
Galinheiro onde frango havia sido deixado para passar a noite foi aberto pelo ladrão, que furtou a ave - Imagem: Nova News

Ela adquiriu um belo exemplar de frango caipira, que foi preso, como de costume, no cercado, porém, logo na manhã deste domingo (22), a mulher se deparou com o galinheiro arrombado e algumas pegadas no muro dos fundos de sua residência, indicando dando que algum gatuno havia levado seu frango.

O fato foi relatado a uma equipe do nova News que trabalhava em uma outra pauta e foi surpreendida com a história da senhora, de cerca de 60 anos de idade. Questionada se iria registrar um boletim de ocorrência, a mulher disse que ‘não iria pagar este mico’. “Se furtou é porque estava com fome. Tomara que faça bom proveito”, disse ela, em tom bem humorado.

A moradora disse que agora não irá mais dar oportunidade ao ladrão. “Vou comprar frango, já preparar e guardar. Não dá para arriscar”, finalizou. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.