Buscar

Casal é acusado de furtar passageiros de ônibus e caso vai parar na Delegacia de Nova Andradina

Pelo menos cinco pessoas tiveram dinheiro e celulares subtraídos

Cb image default
Ônibus com as vítimas foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina, local para onde os acusados foram conduzidos pela Polícia Militar - Imagem: Acácio Gomes / Nova News

Na manhã desta segunda-feira (05), um caso de furto tendo como vítimas vários passageiros de um ônibus da empresa Andorinha foi parar na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina. O Nova News apurou que um casal foi acusado de subtrair vários pertences das vítimas enquanto estas dormiam.

Conforme apurado junto aos passageiros a ao motorista do ônibus, o coletivo saiu na noite deste domingo (04) do Rio de Janeiro (RJ) com destino a Campo Grande (MS) sendo que, no terminal da Barra Funda, em São Paulo, o casal suspeito embarcou no veículo. “A princípio não desconfiamos de nada. Pareciam passageiros normais como todos nós”, disse um jovem.

Segundo as vítimas, provavelmente enquanto todos dormiam, o casal teria furtado vários pertences, como telefones celulares, dinheiro e outros objetos de valor. “Quando chegamos em Nova Casa Verde, já na manhã desta segunda-feira (05), é que percebemos a falta dos objetos. Uma passageira foi comprar algo para comer e percebeu que seu dinheiro havia sumido”, explicou um rapaz.

Cb image default
Passageiros do coletivo, pertencente à empresa Andorinha, constataram o furto de seus pertences apenas quando chegaram em Nova Casa Verde - Imagem: Acácio Gomes / Nova News

Ele disse que, naquele momento, várias pessoas também constataram que alguns de seus objetos de valor haviam sido furtados. Suspeitando do casal, os passageiros comunicaram o fato ao motorista do ônibus, um homem de 52 anos, que acionou a Polícia Militar. Conforme o relato do condutor, quando a viatura chegou, o casal tentava se esconder atrás de um restaurante, mas tanto o homem quanto a mulher foram detidos.

O Nova News apurou que pelo menos cinco dos 26 passageiros teriam sido vítimas da ação criminosa. Nas palavras dos passageiros, alguns dos objetos furtados teriam sido encontrados em poder dos acusados, porém, as quantias em dinheiro não teriam sido recuperadas.

O caso foi então encaminhado para a Delegacia de Polícia de Nova Andradina. Até o fechamento da matéria, o motorista, os passageiros e o casal suspeito ainda estavam sendo ouvidos pelos investigadores. Pelas passagens, o homem e a mulher apontados como acusados teriam saído de São Paulo com destino à cidade de Corumbá (MS). 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.