Buscar

Com alvo em Nova Andradina, operação do Gaeco prendeu 20 suspeitos de integrar ‘máfia do cigarro’ em MS

Um dos alvos da operação foi em Nova Andradina com a prisão de um policial militar suspeito de integrar esquema

Cb image default
Operação prendeu 20 suspeitos de facilitar o contrabando em MS - Foto: Fernando Antunes

Repercutindo em todo o país, a operação desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) e a Corregedoria da Polícia Militar prendeu 20 suspeitos de facilitar o contrabando de cigarro no Estado. Um dos alvos da operação foi em Nova Andradina com a prisão de um policial militar, no Bairro Cristo Rei, suspeito de integrar esquema.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, a operação foi batizada como Oiketicus (nome científico do insento apelidado de bicho-cigarreiro) e ocorreu nesta quarta-feira em 16 cidades de Mato Grosso do Sul e envolveu 125 policiais militares, além de nove promotores.

Conforme divulgado pelo Ministério Público do Estado, apenas um dos 20 mandados de prisão preventiva não foi cumprido. Nenhum dos presos teve o nome divulgado. Ao todo, um mandado de prisão temporária e 45 mandados de busca e apreensão foram cumpridos na ação. Dentre os policiais militares presos, estão praças e oficiais. Segundo MPE, eles atuam na facilitação do contrabando de cigarros.

Os mandados tiveram como alvo as residências e locais de trabalhos de todos os investigados, distribuídos nos municípios de Campo Grande, Dourados, Jardim, Bela Vista, Bonito, Naviraí, Maracajú, Três Lagoas, Brasilândia, Mundo Novo, Nova Andradina, Japorã, Guia Lopes, Ponta Porã, Corumbá e no Distrito de Boqueirão, em Jardim.

Após os depoimentos e exame de corpo de delito, os suspeitos foram encaminhados ao presídio militar de Campo Grande.

A operação

“Oiketicus” faz alusão às lagartas desta espécie que constroem uma estrutura com seda e fragmentos vegetais, com o formato semelhante a um “cigarro” alongado, e serve para a sua proteção. Popularmente, elas são chamadas de bicho-cigarreiro.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.