Buscar

Condutor capota veículo e diz ter visto “vultos” em estrada quando perdeu controle da direção

Populares confirmaram a versão da vítima sobre a existência da suposta ‘assombração’; este seria o terceiro acidente pelas mesmas circunstâncias

Até parece uma história de ficção só vista em filmes. Se assombrações existem o não, uma capotagem ocorrida na noite desta quinta-feira (31) deixa dúvidas no ar. 

Retornando para casa, um condutor de 36 anos, que dirigia um Voyage, com placas de Angélica, disse ter perdido o controle do veículo após ver tocos se movimentando na estrada.

O curioso é que populares confirmaram aos bombeiros a existência da suposta ‘assombração’ e que este seria o terceiro caso de acidente que acontece no mesmo local.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, o acidente aconteceu por volta das 22h16 a cerca de 700 metros da rodovia MS-276, sentido Ivinhema, no acesso ao Assentamento Santa Olga.

Cb image default
Veículo ficou praticamente destruído no acidente e o condutor nenhum ferimento sofreu - Foto: WhatsApp/Nova News

Pelo apurado, o condutor do veículo reside no assentamento e voltava para casa. Apresentando odor etílico, ele afirmou que estava em um bar “tomando umas” em Nova Andradina e antes ir embora passou em um estabelecimento para comprar alguns mantimentos.

Outro fato curioso ocorrido após o acidente é o condutor saiu correndo em meio a um mandiocal após acordar. “Via 193, fomos acionados para socorrer a vítima que estaria inconsciente, após um popular avistar o veículo capotado e com as luzes acesas. Lá chegando não o encontramos e apenas minutos depois ele reapareceu no local não sabendo explicar ao certo porque teria fugido. Vasculhamos o veículo e nada de anormal encontramos, bem como também procedemos com a checagem ao condutor junto ao sistema policial e nada foi encontrado”, detalhou um dos socorristas à reportagem.

O veículo ficou praticamente destruído no acidente e o condutor nenhum ferimento sofreu.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.