Buscar

Condutor de VW Amarok é preso transportando 45 kg de cocaína

Flagrante ocorreu na rodovia MS-276

Imagens: Divulgação / PMR

Cb image default

Nesta quarta-feira (08), chegou ao conhecimento da equipe do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, da Base Operacional de Vila Amandina que um veículo VW Amarok prata, com placas Maringá (PR), estava trafegando de forma suspeita em alta velocidade na rodovia MS-276 vindo de Dourados.

Imediatamente a equipe se deslocou ao trevo da entrada de Ivinhema e foi informada que uma equipe da Policia Militar de Deodápolis juntamente com a Força Tática de Fátima do Sul havia abordado o veículo, sendo que a Força Tática, em deslocamento de Fátima do Sul para Deodápolis, abordou um veículo Fiat Stilo, também com placas de Maringá (PR), conduzido por J.R.F.L. (31), tendo como passageiros F.A.C. (21), I.A. (47) e um menor.

Todos foram encaminhados até a cidade de Deodápolis, onde o veículo VW Amarok teria sido abordado. Em entrevista com os envolvidos, foi constatado que F.A.C. (21) e o menor são filhos de A.G.C. (57) condutor da Amarok e da senhora I.A. (47) e que o condutor do Fiat Stilo, J.R.F.L. (31), é marido de F.A.C. (21). Diante destas informações, os policiais militares rodoviários se deslocaram até a cidade de Deodápolis, onde se encontravam os veículos e as pessoas abordadas.

Cb image default

Os militares observaram certo nervosismo no condutor da Amarok e em entrevista, ele relatou à PMR que estava vindo da cidade de Ponta Porã, não explicando o motivo da viagem. Em seguida ele relatou que havia deixado seu veículo em um lugar em Ponta Porã para ser preparado para transportar ilícitos, não informando do que se tratava. Diante das informações, foi realizada revista, momento em que foram localizados 43 tabletes de droga.

Segundo a polícia, o produto foi pesado e totalizou 45.800 kg (quarenta e cinco quilogramas e oitocentos gramas) de cocaína. O autor, as testemunhas, os veículos e o entorpecente foram encaminhados e entregues na Delegacia de Polícia Civil de Deodápolis para as devidas providências.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.