Buscar

Corpo de menino que teve braço sugado em piscina será enterrado neste domingo em Brasília

O enterro do menino que teve o braço sugado pelo ralo da piscina de um hotel em Caldas Novas (GO) e morreu na madrugada deste sábado (4) será neste domingo (5), às 16h30, no Cemitério Campo da Esperança, em Brasília. O velório começou por volta das 8h deste domingo.

O menino estava internado desde a última quarta-feira (1º) no Hospital Santa Helena,mas não resistiu às complicações geradas pelo afogamento.

Kauã Davi de Jesus Santos tinha 7 anos e ficou por sete minutos embaixo d´água. De acordo com nota divulgada pelo hospital, Kauã teve uma "significativa piora de seu estado clínico" durante a madrugada.

A equipe médica afirma que realizou sucessivos procedimentos de reanimação, mas o menino acabou morrendo por falência múltipla dos órgãos.

Segundo o irmão da vítima, Alexsander de Jesus, a criança brincava na piscina quando teve o braço sugado pelo ralo. A vítima foi transferida da cidade goiana para Brasília de helicóptero e estava respirando por meio de aparelhos.

O estado de saúde do garoto era grave. Segundo o sargento Rezendo, do Corpo de Bombeiros de Caldas Novas, que atendeu à vítima, foi realizada massagem cardíaca na criança na hora do resgate, mas ele não voltou a respirar. Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) encaminhou o garoto para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Caldas Novas. De lá, foi feito o resgate de helicóptero para que a vítima fosse encaminhada para Brasília.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.