Buscar

Droga que seria vendida em festa é interceptada pela Força Tática em Nova Andradina

‘Homem de Pedra’, de 23 anos, voltou a ser preso na noite desse sábado (31) pelo crime de tráfico

Cb image default
A Força Tática apurou que o jovem já possui passagem pelo mesmo fato e inclusive se encontra sob livramento condicional - Foto: Nova News

A.F.M., ‘vulgo Homem de Pedra’, de 23 anos, voltou a ser preso na noite desse sábado (31) pela acusação de tráfico de drogas em uma ação da Força Tática na área central de Nova Andradina.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, a prisão aconteceu quando guarnição de serviço realizava policiamento ostensivo e preventivo pelos bairros da cidade e visualizou dois indivíduos em uma motocicleta de cor preta trafegando pela Avenida Eurico Soares Andrade.

Ao perceberem a aproximação dos policiais, os ocupantes demonstraram certo nervosismo como olhar diversas vezes para atrás a fim de observar se a viatura estava em acompanhamento dos mesmos.

Cb image default
Várias porções de cocaína e de maconha foram encontradas com o suspeito - Foto: Nova News

Durante o acompanhamento, o passageiro levou as mãos à cintura por diversas vezes como se quisesse se desfazer de algo. Foram utilizados sinais sonoros e luminosos durante a perseguição onde foi dada voz de abordagem e acatada de imediato.

Procedendo com a revista pessoal, os policiais nada encontraram em poder do passageiro que foi identificado e liberado. Já com ‘Homem de Pedra’, que dirigia a moto, foram encontradas várias porções de cocaína e de maconha, além ainda de uma quantia em dinheiro. Em continuidade às buscas em sua residência, a equipe encontrou mais uma porção de maconha.

Questionado sobre a origem do entorpecente e qual o destino que tomaria, o acusado disse que o adquiriu na esquina da sua residência e o revenderia em uma festa que iria acontecer. Diante dos fatos, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil. Segundo a Força Tática, o jovem já possui passagem pelo mesmo fato e inclusive se encontra sob livramento condicional.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.