Buscar

Em MS, professor é morto a facadas após ser flagrado com amante

Fato aconteceu na aldeia Te'y kue, em Caarapó, distante cerca de 50 quilômetros de Dourados

Cb image default
Vítima não resistiu e morreu - Foto: Divulgação

O professor Flávio Vilhalva Freitas, 36 anos, foi morto a golpes de faca, na aldeia Te'y kue, em Caarapó, distante cerca de 50 quilômetros de Dourados. Segundo a polícia, a principal suspeita pelo crime é a esposa da vítima, de 37 anos, que foi presa em flagrante.

Conforme boletim de ocorrência, o casal fazia churrasco em casa, quando uma das vizinhas de 21 anos, que participava da confraternização, decidiu ir embora. Flávio, então, foi atrás da jovem, que seria sua amante, e durante o caminho os dois ficaram juntos.

Ainda de acordo com registro policial, Silzolena seguiu o marido e fez o flagrante. Nervosa com a situação, a mulher armada com uma faca, atingiu a jovem. Flávio tentou defender a amante, mas acabou atingido.

Ele não resistiu e morreu. A jovem conseguiu escapar e pedir ajuda. Não há informação sobre o estado de saúde dela. Silzolena foi presa e levada à delegacia do município. O caso aconteceu na última sexta-feira, dia 05 de janeiro.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.