Buscar

Em Nova Andradina, assentado é autuado em R$ 5 mil por desviar nascentes de córrego

Homem usava a água para abastecer tanques de piscicultura

Imagens: Divulgação / PMA

Cb image default

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Batayporã autuou um assentado residente na zona rural de Nova Andradina devido ao fato de ele ter desviado nas nascentes de um córrego.

Os policiais realizavam fiscalização quando verificaram, no Assentamento Teijin, a degradação de áreas de preservação permanente, protegidas por lei.

Com uso de máquinas, que não estavam mais no local, o proprietário rural, de 39 anos, construiu um dreno de 535 metros das nascentes do Córrego Samambaia, para abastecer dois tanques de piscicultura, tudo sem a autorização ambiental.

Cb image default

A fiscalização ocorreu nesta quinta-feira (27), porém, como o proprietário não se encontrava no local, ele foi notificado a se apresentar no quartel da PMA em Batayporã.

Nesta sexta-feira (28), ele foi até a unidade policial informar que realmente não possuía licença ambiental. Diante dos fatos, o infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 5 mil.

Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção e deverá apresentar, junto ao órgão ambiental estadual, um plano de recuperação da área degradada.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.