Buscar

Empresário foi executado com tiro na nuca e carro foi pintado de branco

Os bandidos executaram o empresário Erlon Peterson Pereira Bernal, 32 anos, com um tiro na nuca, conforme levantamento preliminar da perícia do IMOL (Instituto Médico e Odontológico Legal). Eles também trocaram as placas e pintaram o veículo roubado de branco.

Conforme a Defurv (Delegacia de Furto e Roubo de Veículos), a quadrilha pagou R$ 2 mil para o funileiro, no bairro São Conrado, pintara o carro prata de branco. Eles utilizaram placas de outro veículo, branco, de Ponta Porã.

O carro foi localizado com as placas NRP-0011, de Ponta Porã. Os bandidos estavam com as placas do carro e ficaram procurando um Golf para concluir o roubo, conforme investigação da delegacia.

O corpo do empresário, que foi resgatado ontem à noite dentro de uma fossa no Bairro São Jorge da Lagoa, na saída para Sidrolândia, continua no IMOL.

Segundo o perito Domingos Sávio Ribas, o laudo deverá apontar que Erlon foi executado com um tiro na nuca. Após ser morto, ele foi jogado dentro do buraco em um casa abandonada.O funileiro, que pintou o carro de branco, foi preso.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.