Buscar

Foragido da Justiça é capturado pela Polícia Militar de Batayporã

Autor participou de um assalto ocorrido na cidade em setembro de 2015

Imagens: Divulgação / PM

Cb image default

Na tarde desta terça-feira (01), uma equipe da Polícia Militar de Batayporã efetuou a prisão de um homem de 34 anos, identificado como A.M.S., que estava evadido do sistema prisional. A ação ocorreu devido a uma denúncia efetuada por dois militares que estavam de folga.

O Nova News apurou que os policiais, que não estavam de serviço, passaram pela região do bairro Nídio Boffo, momento em que avistaram o autor, que já estava sendo procurado pelas autoridades. De imediato a guarnição foi acionada e compareceu no endereço indicado.

Assim que a Polícia Militar chegou, o homem foi abordado e recebeu voz de prisão. Foi confirmado que ele estava evadido do sistema prisional de Campo Grande. O autor disse que teve liberação para sair da prisão no período da Páscoa, devendo retornar em seguida.

Ele revelou que, no dia de ir embora, acabou perdendo o ônibus, e ficou em Batayporã, até ser recapturado. O Nova News constatou que A.M.S. é acusado de participar de um assalto em Batayporã em 26/09/2015.

No dia do crime, um grupo de amigos foi dominado por dois assaltantes armados em uma casa localizada no Residencial Ivo Pereira de Souza, em Batayporã. As vítimas estavam em um imóvel participando de uma confraternização, quando foram surpreendidas pelos criminosos.

Segundo a ocorrência policial, os criminosos, que estavam encapuzados e portando armas de fogo, invadiram a casa e anunciaram o assalto. Eles renderam quatro homens de 22, 27, 37 e 46 anos e duas mulheres de 21 e 39 anos. Todos foram obrigados a entrar em um dos quartos da casa, onde foram amarrados com fita adesiva, ficando com as mãos para trás.

Após imobilizar as vítimas, a dupla começou a subtrair objetos da casa, como celulares, certa quantia em dinheiro, joias, cartões bancários e documentos diversos. Em seguida, os criminosos teriam pulado o muro dos fundos da casa e fugindo tomando rumo ignorado. Depois do fato, as vítimas compareceram na Delegacia de Polícia de Batayporã para relatar o crime.

Cb image default

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.