Buscar

Grave acidente na BR-267 deixa uma pessoa morta

Motorista do caminhão seguia sentido  Casa Verde  quando teria  perdido  o controle e tombado na pista

jwplayer("container_video_185240").setup({file: "http://www.youtube.com/watch?v=Qj6Kw-HsYio&feature=youtu.be",width: "300",height: "225"});

Na manhã desta quarta-feira (29), por volta das 09h, um grave acidente de trânsito deixou uma pessoa morta no km 195 da BR-267, próximo ao Assentamento Pana, em Nova Alvorada do Sul.

A vítima identificada como Jair Manforte Castro de 69 anos , conduzia um caminhão Mercedes Bens 1513, com placas de Campo Grande, carregado com óleo vegetal. Segundo informações obtidas no local, o homem seguia sentido Casa Verde e, estava sozinho, quando teria perdido o controle, vindo a tombar o veículo.

Com a violência do acidente, o caminhão ficou sobre o corpo da vítima que morreu no local, preso às ferragens. O acidente foi atendido pelo Corpo de Bombeiros de Nova Andradina, Núcleo de Perícias de Dourados e pela Polícia Rodoviária Federal.

O corpo do motorista foi trasladado para Nova Alvorada do Sul e, depois, seguiria para a cidade de Campo Grande, sua terra natal. O trânsito no local ficou bastante lento e a carga que ficou espalhada pela pista, foi saqueada por populares.

Imagens cedidas pelo 3ºSGB

Saiba mais
  • Morador de Nova Andradina morre em acidente na MS-480
  • Acidente na região do Rio Ivinhema envolve quatro veículos e deixa dois mortos

Em uma semana este é o quarto óbito registrado nas rodovias da região de Nova Andradina. Na manhã de quarta-feira (22), um homem de 57 anos, identificado como Lourival Ferreira dos Santos, residente em Nova Andradina, morreu em um acidente de trânsito ocorrido na rodovia MS-480, que liga o trecho da MS-276, entre Batayporã e Anaurilândia, ao estado de São Paulo, via Usina Hidrelétrica Sérgio Motta.

Outro acidente com dois óbitos aconteceu na manhã de domingo (26), na MS-276, próximo ao Rio Ivinhema, entre as cidades de Ivinhema de Nova Andradina. As vítimas em óbito foram identificadas como Ednaldo Luna, que além de funcionário público, era promotor de eventos e produtor musical do cantor Adriano Lins, e Rodrigo Saccon dos Santos, residente no Horto Florestal, em Nova Andradina. Ambos vieram a óbito no local.  

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.