Publicado em 25/04/2016 às 00:27, Atualizado em 26/04/2017 às 16:14

Homem invade casa da ex-namorada e é morto com pelo menos 15 facadas em Nova Andradina 

Germino Roz, Redação Nova News

Na noite deste domingo (24), um homem identificado como Júlio Cesar da Silva, de 41 anos, foi morto vítima de pelo menos 15 facadas. O homicídio ocorreu em uma residência que fica localizada na Rua José Monteiro Magalhães, no cruzamento com o prolongamento da Rua Santo Antônio, no Bairro Ulisses Pinheiro, em Nova Andradina.

Segundo informações apuradas pela reportagem, a mulher que mora na casa onde o crime ocorreu teve um relacionamento com Júlio Cesar, mas acabou rompendo o romance há cerca de cinco meses e reatou a relação com o seu ex-marido, acusado de ser o autor do homicídio. Vizinhos contaram que, após o término do namoro com Júlio, a mulher passou a receber constantes ameaças do ex-namorado.

Júlio Cesar da Silva foi agredido com golpes de macaco hidráulico na cabeça e com pelo menos 15 facadas (Imagem: Germino Roz / Nova News)

Na noite deste domingo (24), Julio César foi até a casa da mulher, onde teria passado a incomodar o casal, batendo no portão e gritando ameaças. A mulher e o marido acionaram a polícia e chegaram até a ir na Delegacia de Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência de preservação de direito. Conforme relato dos vizinhos, depois que a mulher chegou em casa, Júlio Cesar, que conduzia um veículo VW Gol, com placas de Nova Andradina, usou o carro para derrubar o portão do imóvel e invadir a casa.

Júlio Cesar e o atual companheiro da mulher teriam iniciado uma luta corporal. O autor utilizou um macaco hidráulico para golpear Júlio Cesar na cabeça. As agressões resultaram em um afundamento no crânio da vítima. Júlio também foi ferido com pelo menos 15 golpes de faca. Pelas marcas de sangue é possível notar que as agressões começaram ainda dentro do veículo. 

Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Núcleo de Perícias e Polícia Civil estiveram no local para os levantamentos necessários (Imagem: Germino Roz/Nova News)

A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar no local, encontrou a vítima ainda com vida. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Júlio Cesar acabou morrendo antes da chegada do resgate. Após o crime, o autor do homicídio empreendeu fuga, tomando rumo ignorado. A mulher permaneceu na casa durante todo o processo realizado pelas autoridades policiais.

Além do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, compareceu no local uma equipe da Polícia Técnica do Núcleo de Perícias de Nova Andradina e uma equipe do Pax Nova Andradina. A perícia realizou os levantamentos necessários para que o caso possa ser investigado. Foram realizadas várias diligências pelas proximidades, mas o suposto autor não foi encontrado.  

Júlio Cesar conduzia um VW Gol e teria derrubado o portão da casa com o carro para invadir a residência da ex-namorada (Imagem: Germino Roz/Nova News)