Buscar

Homem procura a polícia depois de gata ser atingida por espingarda de pressão na Capital

O dono de uma gata procurou a Polícia Civil neste sábado (29), depois dele encontrar o animal ferido com um tiro de espingarda de pressão. De acordo com o boletim de ocorrência, ele suspeita que o vizinho, ou o filho dele [do vizinho] dono de porquinhos da índia possa ter atirado contra o animal. O caso aconteceu na Vila Margarida.

O homem relatou à polícia que possui uma gata de cinco meses e que estaria tendo indisposição com um casal de vizinhos que criam porquinhos da índia. Os vizinhos teriam reclamado que a gata estaria observando os animais de cima do muro e que estaria fazendo necessidades no jardim deles. 

Conforme o registro, o filho do vizinho, possui uma espingarda de pressão e já teria falado ameaças à filha do homem que procurou a polícia falando “Se a sua gata fizer algo com os meus animais eu vou matar ela". Na madrugada de hoje, a gata foi encontrada com um projétil de espingarda de pressão entre o couro cabeludo e o crânio. O projétil foi retirado e entregue na delegacia.

O caso foi registrado como praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) de Campo Grande.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.