Buscar

Idoso é preso acusado de matar homem com marretada e enterrar cadáver em Bataguassu

Suspeito teria pago a outra pessoa para fazer a cova onde o corpo da vítima seria colocado

Cb image default
Corpo da vítima, identificada como Nelson Geraldo dos Santos, foi encontrado enterrado na propriedade - Imagem: Divulgação / PC

Um idoso de 69 anos foi preso na noite desta terça-feira (05), no Assentamento Aldeia I, em Bataguassu, após ser apontado como autor de um homicídio e ocultação de cadáver. Na propriedade do acusado, Policiais Civis localizaram o corpo de um homem que supostamente foi morto a marretadas pelo suspeito.

Segundo o delegado Guilherme Scucuglia, as investigações tiveram início após o desaparecimento de um morador do assentamento ser comunicado na delegacia. Diante do caso, os agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil passaram realizar diversas diligências.

Durante os trabalhos, o idoso foi apontado como suspeito do desaparecimento, já que ele teria pago para outro morador do assentamento cavar uma cova na sua propriedade. Segundo testemunhas, após a cova ser aberta, o idoso foi visto conduzindo um trator durante a madrugada, próximo ao local.

Ainda de acordo com o delegado, em posse das informações, os investigadores do SIG se deslocaram até a propriedade do idoso, onde localizaram o cadáver da vítima que, segundo testemunhas, morava junto com acusado.

Cb image default
Idoso de 69 anos foi preso acusado de ser o autor do homicídio ocorrido no Assentamento Aldeia, lote 120 - Imagem: Sérgio Melucci

Na casa do suspeito, foram localizadas uma espingarda calibre .22 municiada e uma marreta, que segundo a polícia, o suspeito utilizou para desferir um golpe na vítima, fraturando o seu crânio e consequentemente causando sua morte. Ainda em buscas na residência, os investigadores constataram a presença de respingos de sangue no chão do quarto e na cabeceira da cama.

Diante dos fatos, o acusado foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Bataguassu. Sua prisão preventiva foi representada pela autoridade policial e será analisada pelo Poder Judiciário local. O caso foi acompanhado por peritos criminais de Nova Andradina. O Nova News apurou que o idoso responderá por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e posse irregular de arma de fogo.

O corpo da vítima, identificada como Nelson Geraldo dos Santos, de 41, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Dourados. (Com informações do Portal 98 FM e da ocorrência policial 906/2018).

Cb image default
Além da marreta supostamente usada no crime, polícia localizou ainda uma arma de fogo e munições - Imagem: Sérgio Melucci

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.