Buscar

Incêndio atinge casa onde adolescente foi encontrada morta em Nova Andradina

Indícios apontam que fato pode se tratar de uma ação criminosa; Polícia Civil e Núcleo de Perícias foram acionados

Imagens: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Cb image default

Na manhã deste sábado (03), por volta das 09h20, o Corpo de Bombeiros de Nova Andradina foi acionado a comparecer em uma residência no Bairro Argemiro Ortega, uma vez que, segundo testemunhas, o imóvel estava pegando fogo. Segundo apurado junto a vizinhos, esta casa seria e mesma onde a adolescente Karina Saifer, de 15 anos, foi encontrada morta no dia 07 de novembro de 2017, após atentar contra a própria vida.

Já no local, os bombeiros constataram a presença de muita fumaça e procederam ao desligamento do padrão de energia elétrica. Nos fundos da casa, os militares constataram que a porta da cozinha estava arrombada. Dentro da casa, um fogão de duas bocas estava aceso com um tapete sobre ele, em chamas.

Durante vistoria, os brigadistas perceberam focos de incêndio em vários cômodos da casa, sendo que os bombeiros procederam a extinção das chamas e o rescaldo. Segundo os bombeiros, as chamas destruíram móveis, roupas, o forro do teto e outros objetos.

A pessoa responsável pela casa estava em viagem na cidade de Santa Rita do Pardo e foi comunicada sobre o fato via telefone. 

Como a moradora está em viagem e não havia ninguém da família na casa, a suspeita é de que o incêndio tenha sido criminoso. A porta arrombada reforça esta tese. Equipes da Polícia Civil e o Núcleo de Perícias foram acionados para a realização dos levantamentos necessários.

Imagens: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.