Buscar

Irmãos douradenses são presos em SP com cocaína avaliada em R$ 1 mi

Os 56 tabletes de cocaína estavam num fundo falso, embaixo do banco traseiro do veículo

Dois irmãos douradenses foram presos em São Paulo, com droga. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, os rapazes identificados como Diego V, de 25 anos, e Renan S, de 22, viajavam juntos numa Hylux quando foram parados numa barreira policial.

Entraram em contradição; um disse que ia para Marília (PR) e o outro, para Jaú (SP). Durante revista junto ao veículo, a PMR encontrou a droga.

Os 56 tabletes de cocaína, avaliados em R$ 1 milhão - conforme a polícia de SP - estavam num fundo falso, embaixo do banco traseiro do veículo.

Mais droga

Conforme noticiado pelo DouradosAgora, o Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreendeu uma carga de maconha depois de parar dois veículos, entre Caarapó e Dourados. O flagrante ocorreu por volta das 2h50 da madrugada de hoje, perto da ponte que divide os dois municípios sul-mato-grossenses.

Conforme a polícia, os 195 tabletes (171 quilos) de maconha tinham como destino a cidade de Itubiara, em Minas Gerais. A dupla receberia R$ 10 mil pelo transporte da droga.

Já, na rodoviária de Dourados, uma adolescente foi flagrada com 13,4 quilos de maconha distribuídos em 11 tabletes. O flagrante ocorreu durante a madrugada de hoje, por volta das 4h20.

Segundo a GM, a garota afirmou que já tinha comprador para a droga pela qual pagou R$ 1,5 mi na fronteira de MS. O cliente é morador em Cuiabá (MT). Ela foi apreendida em flagrante e encaminhada para a Unidade Educacional de Internação (UNEI) em Dourados.

A polícia incentiva denúncias, pelos telefones: 190 (Polícia Militar); Polícia Rodoviária Federal (191); 3411.8080 (SIG); 3425.1082 (DOF); 3410.4800 (Defron); 3410.1700 e 3420.1757 (Polícia Federal); 3411.8060 (Polícia Civil - 1º Distrito Policial); 3424.6911 e 3424.5633 (Polícia Civil, 2º Distrito Policial) e 199 (Guarda Municipal).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.