Buscar

Jovem que furtou carro de luxo apenas de cueca teve surto e queria ver jogo do Palmeiras

O jovem José Robson da Silva, de 23 anos, que no domingo (18), foi preso após furtar um veículo Mercedes-Benz C180 turbo, de uma concessionária na Avenida Gury Marques teria tido um surto e havia ‘fugido’ da mãe na rodoviária de Campo Grande, pouco antes de invadir o estabelecimento. Segundo a mãe, Franceilma Maximo da Silva, 41 anos, o filho tem transtorno bipolar e faz tratamento na Santa Casa de Campo Grande.

A mãe relatou ao Midiamax que viajou na semana passada para a casa de familiares em Barra Funda, no interior de São Paulo, e suspeita que o filho tenha deixado de tomar os medicamentos de forma regular. José Robson deixou o trabalho em um supermercado atacadista e viajou para São Paulo, com o objetivo de ir ao estádio do Palmeiras ver um jogo. A irmã do jovem Raiane da Silva, 20 anos, disse que foi avisada que o irmão estava em Santos, no litoral paulista e a mãe foi buscá-lo na cidade.

Segundo a mãe, os dois voltaram no domingo, por volta das 6 horas. Pouco mais de uma hora depois, o jovem foi encontrado vestindo apenas uma cueca dentro da concessionária. Ele fugiu dos seguranças em um carro de luxo e acabou preso pela Polícia Militar.

Conforme o advogado de José Robson, Mauro Sandres Melo, já foi feito um pedido de revogação da prisão preventiva, por conta da condição do rapaz. O advogado explica que ao processo foram anexados os laudos que compravam que ele está em tratamento há quatro anos. “Não se trata de uma pessoa com vocação para cometer outros delitos. Ele não precisa de prisão, mas sim, de tratamento”. Melo diz ainda que o jovem tem um lapso de memória e não se lembra do que aconteceu no momento do furto do carro de luxo.

O advogado também ressalta que o jovem não tem antecedentes criminais. “Ele é trabalhador. Tem carteira assinada e trabalhou por mais de três anos em um supermercado. Agora, ele está há um ano no atacadista e já se inscreveu para uma faculdade”, diz.

Crises

Segundo a irmã de José Robson, esta é terceira crise que ele apresenta nos últimos anos. “Ele já teve uma crise dentro do mercado. Abriu os brinquedos, mas o gerente não fez nada, pois ele trabalhava lá. Ficou esperando chegar os bombeiros”, conta Raiane. Após viajar sozinho para São Paulo, a mãe tentou medicá-lo, mas os medicamentos não fizeram efeito.

Já na rodoviária de Campo Grande, a mãe diz que a expectativa era esperar o pai, porém, o jovem conseguiu escapar. “O sonho dele é ser jogador de futebol. Ele pegou carro para fazer um teste.

Roubo

O jovem foi preso por policiais militares após furtar um veículo Mercedes-Benz C180 turbo, de dentro de uma concessionária localizada na Avenida Gury Marques, em Campo Grande. José Robson invadiu a loja só de cueca, arrebentou os vidros para fugir com o carro e foi detido por dois seguranças após a gasolina  acabar em  uma rotatória.

O segurança da concessionária relatou à polícia que foi surpreendido pelo suspeito dentro da loja, vestindo apenas cueca. Ele tentou deter o jovem, mas Silva entrou no carro, que estava com as chaves na ignição e deu marcha à ré e arrebentou as vidraças de uma das portas da empresa e fugiu do local.

 O segurança da concessionária, com outro vigilante de uma empresa da região conseguiu abordar o suspeito. O segurança estava armado e ainda teria disparado quatro vezes, mas os tiros não atingiram o jovem, apenas o carro.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.