Buscar

Máfia dos cigarros - Juiz aceita denúncia e 28 policiais militares de MS viram réus

Uma das pessoas citadas foi detida durante operação do Gaeco em Nova Andradina

Imagem: Marco Miatelo

Cb image default

Segundo reportagem do Diário Digital – Record TV MS, a Justiça Militar em Mato Grosso do Sul aceitou a denúncia do Ministério Público contra 28 Policiais Militares investigados na Operação Oiketicus, do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco). Eles são apontados como participantes de esquema criminoso que facilitava o contrabando de cigarros em troca de pagamento de propinas.

A denúncia foi aceita pelo juiz Alexandre Antunes da Silva. Conforme já noticiado pelo Nova News, um dos policiais citados é residente em Nova Andradina. Os crimes atribuídos aos militares são corrupção passiva, lavagem de capitais, violação de sigilo funcional e organização criminosa. A denúncia encaminhada ao juiz foi desmembrada em quatro processos sendo dois para os oficiais e dois para os praças.

Conforme a denúncia, os policiais recebiam valores que chegavam a R$ 100 mil a título de propina para deixar passar os caminhões carregados de cigarros contrabandeados. 

Ainda segundo o documento, três chefes de batalhões da Polícia Militar do interior do Estado, seriam o ‘cabeças’ do esquema. Eles determinavam aos subordinados que não fizessem as fiscalizações ou desviava os policiais da rota do contrabando.

Os policiais apontados como participantes da trama são de Campo Grande, Dourados, Jardim, Bela Vista, Bonito, Naviraí, Maracaju, Três Lagoas, Brasilândia, Mundo Novo, Nova Andradina, Boqueirão, Japorã, Guia Lopes, Ponta Porã e Corumbá. Todos os réus estão presos no Presídio Militar de Campo Grande. O processo corre em segredo de Justiça.

Operação – A ação batizada de “Oiketicus” faz alusão às lagartas desta espécie que constroem uma estrutura com seda e fragmentos vegetais, com o formato semelhante a um “cigarro” alongado, e serve para a sua proteção. O “cigarro” vai sendo ampliado com o crescimento do inseto. (As informações são do Diário Digital - Record TV MS).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.