Buscar

Mais um caso de embriaguez ao volante é registrado em Nova Andradina nas últimas horas

Polícia Militar conduziu autor à 1ª DP que chegou a colidir em um VW Gol que estava estacionado em via

Cb image default
Homem, de 48 anos, recebeu uma fiança equivalente a dois salários mínimos - Foto: Ilustração

Uma infração grave e que pode colocar em risco a própria vida de quem pratica e a de terceiros, mais um caso de embriaguez ao volante foi registrado em Nova Andradina nas últimas horas. Tal fato aconteceu por volta das 22h19 desse sábado (03), na Vila Operária.

Desta vez, um homem, de 48 anos, foi conduzido pela PM à 1ª Delegacia de Polícia Civil após ser flagrado transitando pelo bairro com o seu veículo quando, na Rua São Vicente de Paulo, veio a colidir em um VW Gol que estava estacionado na via, ocasionando danos de grande monta no referido veículo.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso junto ao boletim de ocorrência, o condutor do veículo causador do acidente, que não teve a marca e o modelo especificados pela polícia, estava em visível estado de embriaguez, com forte odor etílico, bastante nervoso e descontrolado. A esposa do autor teria presenciado o fato.

O veículo foi liberado para familiares do condutor que recebeu uma fiança equivalente a dois salários mínimos, conforme o prevê o no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileira (CTB) pela infração cometida.

Direção perigosa

Também na Vila Operária, a Polícia Militar realizava patrulhamento pelo bairro quando se deparou com um jovem, de 22 anos, conduzindo um veículo Fiat Uno de cor branca. Ao ser dada ordem parada, ele não atendeu e foi abordado instantes depois em uma residência nas proximidades, que segundo ele, seria de um familiar.

Na abordagem, os policiais descobriram que o jovem não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação), bem como o veículo se encontrava com o licenciamento vencido. Diante dos fatos, o autor foi apresentado na 1ª DP para as providências pertinentes ao caso.

O veículo foi entregue a um familiar habilitado, tendo em vista que não foi removido ao pátio do Detran local por indisposição de vagas naquele órgão. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.