Publicado em 31/03/2014 às 15:31, Atualizado em 26/04/2017 às 08:56

MPE investiga ato de improbidade administrativa durante Sangue Frio no HRMS

, Midiamax

A administração do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) é investigada pela 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social do Ministério Público do Estado (MPE-MS) por eventuais atos de improbidade administrativa, de acordo com edital divulgado nesta segunda-feira (31) no Diário Oficial do órgão.

A publicação torna pública a conversão de procedimento preparatório em inquérito civil (n°053/2013), que evidencia que as investigações apontaram fortes indícios de irregularidades.  A administração será investigada por ter praticado improbidade em relação à saúde pública do Estado conforme investigações da Operação Sangue Frio, que apontou esquema de práticas irregulares da Máfia do Câncer.

O promotor Henrique Franco Cândia é o responsável por nvestigar as ações da administração.