Buscar

MS já registra 63 casos de violência doméstica em apenas cinco dias de 2014

No primeiro final de semana do ano, dois crimes chocaram os campo-grandenses pela violência: uma mulher é assinada quando voltava do trabalho, supostamente pelo seu ex-marido e uma jovem tem o rosto quebrado em quatro partes, sendo seu namorado o principal suspeito.

E as tristes histórias não param por aí. Em apenas cinco dias de 2014, já foram registrados 63 casos de violência doméstica no Estado, sendo 21 na capital Campo Grande e 42 no interior, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública. Estes casos envolvem os crimes de injúria, ameaça, lesão corporal e vias de fato.

No Sistema Integrado de Gestão Operacional, que registra os boletins de ocorrência de todo Mato Grosso do Sul já tem, até o fechamento desta matéria, nove denúncias sobre violência doméstica foram registradas só neste domingo (05).

A primeira ocorreu em Nova Alvorada do Sul, em que um rapaz diz estar sendo ameaçado por sua ex-mulher, que tentou atropelá-lo por duas vezes, após ele descobrir que ela o traía.

Outra ocorrência foi em Batayporã, em que a vítima acusa seu ex-namorado de ameaçá-la de morte por não aceitar o fim do relacionamento.

Já em Campo Grande, uma mulher apanhou do marido com quem convive há nove meses. Ele teria apagado todas as luzes da residência, desferido vários socos e tentado enforcá-la, após uma discussão por ciúmes.

Em Cassilândia, marido chega bêbado em casa e começa a agredir a mulher. Ela foge para a rua atrás de socorro e ele, dirigindo o carro da família, tenta atropelá-la. A Polícia Militar foi acionada, mas o autor fugiu e ela levada para o hospital após escoriações.

Corumbá tem um registro de lesão corporal dolosa, após mãe e filha voltarem de um clube da cidade em uma motocicleta e quase serem atropeladas pelo pai da jovem, que as ameaçou de morte. Ele ainda conseguiu derrubá-las da moto e socou o rosto da esposa, que foi parar no hospital. O autor fugiu, após a chegada da polícia.

Três Lagoas registrou três casos de violência doméstica neste domigo. Uma mulher foi agredida pelo ex-amásio no meio da rua. Ele estava drogado e bêbado e foi preso. Outra foi ameaçada de morte pelo marido que utilizou uma faca. Ele será indicado por ameaça. A terceira um casal trocou arranhões durante a festa de aniversário de um ano do filho.

O último boletim de ocorrência foi de Bodoquena, por ciúmes, o ex-marido ataca mulher e uma terceira tenta ajudá-la e também apanha. Todos os envolvidos estariam bêbados, segundo o registro policial e foram autuados por vias de fato.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.