Buscar

Mulher se tranca em quarto com o filho de 4 anos após flagrar ladrão dentro de residência

Suspeito entrou na residência pela janela da sala e na sequência desligou o disjuntor de energia

Uma mulher, de 26 anos, viveu momentos de desespero após flagrar um ladrão dentro de sua residência em que também estava o filho de apenas quatro anos de idade. O suspeito foi preso na ação que aconteceu na madrugada desta sexta-feira (27) no Jardim Água Amarela, no município vizinho de Anaurilândia.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, a Polícia Militar foi acionada por uma pessoa que se identificou apenas pelo primeiro nome, informando que sua amiga lhe enviado uma mensagem pedindo socorro e que havia uma pessoa tentando abrir a porta de sua residência.

Diante da denúncia, uma guarnição se deslocou até o endereço da vítima e encontrou a residência com as luzes todas apagadas, momento em que a moradora abriu a janela do quarto onde ela estava trancada com seu filho pedindo por socorro após flagrar um indivíduo estranho no interior do local.

Ao olhar pela janela da cozinha, os policiais conseguiram avistar um indivíduo com uma camiseta de cor azul trancando a porta da cozinha. De imediato, a equipe cercou as duas portas e janelas dificultando a fuga do mesmo, que por diversas vezes foi solicitado que saísse do imóvel com as mãos visíveis, ordens estas que foram ignoradas.

Cb image default
F.S.S., de 23 anos, foi preso na ação ocorrida na madrugada de hoje em Anaurilândia – Foto: Divulgação/PM

Após o suspeito ignorar a ordem policial, um dos PMs pulou pela janela e abriu a porta para entrada do outro policial iniciando uma busca pelos cômodos do imóvel. O autor da invasão foi encontrado embaixo da cama do filho da vítima e de imediato recebeu voz de prisão.

Preso o suspeito, a jovem saiu do quarto com a criança em visível estado de desespero correndo para a rua, onde um dos agentes se aproximou da vítima já do lado de fora da residência na eminência de acalmá-la, bem como a seu filho.

Posteriormente após se tranquilizar, a vítima contou aos policiais que o mesmo entrou na sua residência pela janela da sala e na sequência desligou o disjuntor de energia. O acusado identificado pelas iniciais F.S.S., de 23 anos, não conseguiu subtrair nenhum objeto do local devido à rápida atuação da Polícia Militar. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.